• Andre Santos

LOBOTOMIA - Desastre 2016: álbum dos velhos Dinossauros da música pesada


Nacional

Vingança Music

Lobotomia:Os dinossauros (podemos dizer assim), tratando - se de uma das bandas mais ícones da vertente da música pesada nacional, surgiram na década de 80, fazendo muito barulho com seu Punk/HardCore. Sim, a banda iniciou sua carreira justamente no auge do movimento Punk. Como outras bandas que surgiram nesse movimento, algumas foram lapidando seus conhecimentos, com isso agregando mais elementos em suas músicas. Lobotomia teve um papel importante dentro do Punk Rock, os mesmos participaram de uma da mais importantes coletâneas do gênero, por nome Ataque Sonoro, lançada pelo selo independente Ataque Frontal. Nesse próprio registro que a banda participou, já era evidente a procura por uma sonoridade e fusão diferenciada. Então, em 86 a banda começa a iniciar o que chamamos de MetalPunk, estilo percursor do que hoje conhecemos como Crossover.

A banda por esses longos anos de percurso artístico, sofreu diversas mudanças e até mesmo um período de hiato, mas deixou três excelentes registros gravados e bem importantes para sua discografia, para até então o surgimento de seu quarto disco de estúdio Desastre, lançado em 2016 e aclamado pelos fãs. Vale ressaltar que o corpo da arte traz assinatura de ‘Jorge Fildeman’, realçada em um belo Digipack.

O álbum “Desastre”, está recheado de dez músicas que mescla composições que vão do HardCore ao Thrash Metal, dando uma ótima fusão ao petardo, tendo a produção de ‘Michel Kuarker, com masterização de ‘Eduardo Alemão’, deixando tudo sujo na medida certa (não estou dizendo que o álbum seja mal gravado, nem de longe é assim…) a construção é direta, crua e seca, mas sim, dando uma estética na sonoridade que soe simples e sem frescura, mas aliada a muita qualidade.

Desastre, abre de uma forma bem agressiva, com um soar de sirene na interlúdio da faixa “Desastre Nuclear” que é emanada de riffs azedos. Já aqui percebemos que o conteúdo do pacote não veio assoprar os tímpanos, e sim esmurrá-lo. Logo em seguida temos “Correntes da Ignorância”, azeda de riffs e refrões pegajosos. Mais uma porrada vem por conta de “Ferida Aberta”, ríspida e agressiva como o Lobotomia está acostumado.

“Engrenagem da Maldade”, traz refrões bem bacanas exercidos pelos backing vocals e, em seguida outra faixa direta e crua “Terra Sagrada”, voraz em seu desenvolvimento. “Eles são Ferozes”, é a seguinte faixa, que é bem direta em seu contexto. “Grana no Saco” em seu andamento nos remete um pouco de João Gordo, em partes os urros exercidos por seu frontman. Outro espanco vem por “A Doença é Você”, com seus riffs cortantes e sem firulas e, é cerca de um solo simples e rasgado. “Voodoo”, trás uma pegada diferenciada ao álbum, mas com toque bem bacana. E fechando o disco temos uma versão da música “Quem vai Ganhar” do grupo Português de GrindCore Simbiose, a mesma se destaca dentro do pacote por ter uma levada diferentona, chega a soar um Thrashão.

Bom, não tem muito o que explicar, pois quem conhece a banda Lobotomia, entenderá o que quero dizer! Ao velhos bangers e ao novos basta apreciar o álbum, porque aqui a porrada come solta, o disco em si esta fantástico.

Tracklist:

1. Desastre Nuclear

2. Correntes da Ignorância

3. Ferida Aberta

4. Engrenagem da Maldade

5. Terra Sagrada

6. Eles são Ferozes

7. Grana no Saco

8. Doença é Você

9. Voodoo

10.Quem vai Ganhar

Lobotomia:

Edu Vudoo - Vocal

Guilherme Goto - Guitarra

Daniel Brita - Baixo

Grego - Bateria

Contatos:

Lobotomia/facebook

Website

Email

Assessoria de Imprensa:

Black Legion Productions

Website

Email

#AndréSantos #Bandas #Hardcore #Álbuns #ThrashMetal #Lobotomia #Resenhas #ResenhasdeDiscos

As opiniões expressas nesse site são de responsabilidade de seus autores e não expressam necessariamente a opinião de seus editores.

Site criado por JP Carvalho da JPGraphix, para Metal No Papel 2017 / 2020 - Todos os direitos reservados.

O site Metal no Papel tem sede à Rua Joaquim do Lago, 339 Casa - Balneário Mar Paulista, São Paulo, SP

CEP: 04463 - 080 - mnp.metalnopapel@gmail.com