• Andre Santos

CORPSIA - álbum “Genocides In The Name Of God”


Independente

Nacional

Lançado em 2017

Nosso território Nacional demograficamente é muito extenso, e, em cada cantinho dessa nossa terra encontramos diversas banda de Metal e suas vertentes, e, justamente em Londrina/PR, temos um grande representante do gênero Thrash Metal.

Formada em 2013, a banda CORPSIA é relativamente nova no movimento Underground, mas apresenta muita experiência dentro do gênero e sabem muito bem o que está fazendo pois o trio apresenta um Thrash Metal encorpado, com certas linhas do HC americano, e,durante este trajeto de cinco anos, a banda tem dois projetos na “manga”.

E um desses trabalhos vem se destacando bastante, falo de seu primeiro álbum de estúdio “Genocides In The Name Of God”. Lançado em 2017, o disco é um deleite para os “Thrasher’s”, pois o mesmo soa bem orgânico, mas bem trabalhado, deixando bem evidente o peso de suas composições. O disco foi todo tratado no estúdio High Voltage em Londrina/PR, tendo a mão de Gustavo Di Iorio, na parte de mixagem e masterização, onde teve a preocupação de deixar os timbres bem encorpados, que está bem perceptível na dinâmica do álbum.

Para a arte empregada na capa do “Petardo”, além de trazer a participação da banda no desenvolvimento do projeto, temos a assinatura do artista Renato Firmino do estúdio Goma e para o encarte na responsabilidade de Fernando Sasaki.

A sonorização de “Genocides In The Name Of God” soa bem interessante e cativante, onde o trabalho lírico de “Purgatory Scum” no violão chama atenção, logo ganhando os acordes mais ríspidos (percebe - se algumas influências do HC). Sem perder o embalo da primeira faixa, “Prophecy” entra pondo fogo, riffs super rápido ditam a rítmica do “Petardo”.

Já a terceira faixa é título do álbum “Genocides In The Name Of God”. A mesma tem uma condução rítmica bem encorpada, tendo um ótimo trabalho em seu desenvolvimento (destaque para os riffs bem colocados, fora o trabalho da bateria que marca os compassos precisos).

“Violence” vem carregada de riffs envolventes, e, na dinâmica da canção até sentimos aquela pegada mais Hardcore, ótimo trabalho entre baixo e bateria. Já em “Holochrist”, temos um pequeno trabalho soturno na introdução da faixa, que logo é preenchido por riffs ácidos (destaque para o trabalho das baquetas de Daniel Scaloni).

Em “Execution”, a pegada é mais leve, mas sem deixar o peso de lado. A rítmica aqui é mais puxada para o groove, dando um bom destaque a canção. Já em “The Rite”, o disco ganha novamente aquele gás (onde os riffs serrilha as suas moleiras). Em “Snakes”, percebemos certas influências de (Slayer), em certas passagens da faixa, ótima canção.

Outra que apresenta um trabalho interessante é a faixa “Blood Sacrifice” (vale destacar que o baixo se sobressai) dentro dos riffs esmagadores e entre a rítmica coesa da bateria. E para fechar o disco Genocides In The Name Of God, temos a faixa “Returns” que se encontra bem trabalhada desde sua introdução até a chegada de suas bases rítmicas, (é uma das faixas que se destaca bem no pacote de canções).

Enfim, o disco da Banda Corpsia, intitulado de “Genocides In The Name Of God”, sem dúvidas tem que estar na coleção de qualquer “Thrasher’s apreciador do Metal “brazuca”

Tracklist:

1. Purgatory Scum

2. Prophecy

3. Genocides In The Name Of God

4. Violence

5. Holochrist

6. Execution

7. The Rite

8. Snakes

9. Blood Sacrifice

10. Returns

Corpsia, é formado por:

Gabriel Arns Stobbe - vocal/ guitarra

Lucas Landin - baixo/ voz

Daniel Scaloni - bateria

Acompanhe as faixas "Purgatory Scum", "Execution", logo abaixo:

Acompanhe o Corpsia em :

facebook.com/corpsiaband

instagram.com/corpsiaband

Contatos: corpsiaband@hotmail.com

(43) 99801-2912

(43) 99848-0111

(43) 99137-3433

#Bandas #Corpsia #ThrashMetal #Lançadosem2017 #Resenhas #ResenhasdeDiscos

As opiniões expressas nesse site são de responsabilidade de seus autores e não expressam necessariamente a opinião de seus editores.

Site criado por JP Carvalho da JPGraphix, para Metal No Papel 2017 / 2020 - Todos os direitos reservados.

O site Metal no Papel tem sede à Rua Joaquim do Lago, 339 Casa - Balneário Mar Paulista, São Paulo, SP

CEP: 04463 - 080 - mnp.metalnopapel@gmail.com