• Andre Santos

THE DEVILS - “We Are the Devils”


Nacional

Lançamento: 2018

O Metal brasileiro sempre está surpreendendo com o surgimento de novas bandas. E, com sete anos de desenvolvimento musical, a banda capixaba THE DEVILS conquistou seu espaço com seu tradicional Heavy Metal, baseado nas influências inglesas, conhecido por nós como o movimento NWOBHN.

Com o surgimento do primeiro Ep de trabalho, a banda se destacou dentro de um novo movimento que está relacionado com o nome mencionado acima no parágrafo. Aliás, com seu excelente empenho e dinâmica musical, a banda The Devils foca no movimento “brazuca”, onde encontramos outros nomes do Metal Nacional presentes no NWOBRHM, ou seja, (New Wave Of Brazilian Heavy Metal), no que chamou muita atenção para suas músicas.

Sem perder o foco de seu primeiro projeto, a banda veio trabalhando fortemente para o segundo trabalho no que resultou em um Debut álbum intitulado de “We Are the Devils” lançado no primeiro semestre de 2018.

Pois a receita para o THE DEVILS é bem simples: trazer para dentro de sua sonoridade as raízes dos clássicos do Heavy Metal, dando a cara e identidade da própria banda. Além de notarmos diversas influências do Metal tradicional. Já o som da banda é energético e diversificado onde pode ser conferido no álbum “We Are the Devil”.

Enfim, vamos ao que interessa. A receita de “We Are the Devils” se completa por onze composições, que traz à tona a real energia do Heavy Metal, onde o mesmo já abre de forma bem energética, que fica a cargo da faixa “Light Say the Direction (LSD)”, destaque para os trabalhos entre a cozinha (baixo e bateria), que trazem uma dinâmica bem gostosa ao início do play.

Já em “Elvira”, temos um trabalho muito bacana: riffs bem colocados, onde o baixo se sobressai com suas bases envolventes, (aliás, a dinâmica da faixa é bem cativante, ótimas passagens). “Mr.Buddy”, já tem uma levada bem Hard Rock, com refrões pegajosos, ótimos solos, que se encontram bem casado na condução da faixa, e, novamente o baixo come solto. Já em “Come To The Dawn (Comedown)”, puxa uma linha mais Heavy/ Hard, trazendo um estímulo cativante.

Já na quinta faixa, nos faz lembrar vagamente do Van Halen na introdução de “Skullring - To Cliff, (trata - se um instrumental de “Guita”). Seguindo, temos a “A Momentary Anesthesia”, que traz uma pegada mais pesada, com riffs ácidos, como o tradicional Heavy Metal pede.

Seguindo a mesma linha da anterior, temos a faixa “Madman”,onde a composição é bem moldada, trazendo um Heavy encorpado, fora que a banda brinca com seus instrumentos, horas o baixo lembra a (Donzela de Ferro). Vale ressaltar o destaque do baixo. Já na oitava faixa, temos uma quebra no gás onde a introdução “The Blondie Hangover” nos embala pelos arranjos de violão e guitarra.

Em “Blackout”, somos envolvidos pelos acordes bem colocados, fora os refrões Blackout que te conquista, fora o andamento da composição que se destaca em toda sua extensão, (novamente o baixo te pega na veia), claro que os outros instrumentos se destacam, pois são eles que dão essa energia carismática na faixa.

Outra faixa que segue quase a mesma dinâmica da anterior é faixa “No Bull Shit (Live Like Lemmy)”. E, para fecharmos, temos inicialmente a introdução do baixo em “Nymphomaniac”, um instrumental bem cativante, onde podemos sentir certas pitadas do Blues, fora que os solos empregados na faixa se destacam entre a cozinha que trabalha de forma dinâmica, para envolver a sua audição ao pacote de “We Are the Devils”, assim fechando sua prestação.

Não tenho dúvidas, que o segundo trabalho intitulado de We Are The Devils é uma boa pedida ao fã de Metal tradicional, ou mesmo àqueles “Metalheads” apreciador de música boa. Pois a banda The Devils, tem muita aptidão para executar ótimas músicas, e, a prova está aí em seu álbum.

Tracklist:

1.Light Say Direction

2.Elvira

3.Mr. Buddy

4.Come to the Dawn

5.Skullring – to Cliff

6.A Momentary Anesthesie

7.Madman

8.The Blondie Hangover

9.Blackout

10.No Bull – (Live Like Lemmy)

11.Nymphomaniac

The Devils, é formado por:

Heron Ribeiro – Vocal

Yan Barbosa – Guitarra

Murilo Larrubia – Baixo Daniel

Bins – Bateria

Acompanhe o video clipe de "Come to the Dawn":

Acompanhe o The Devils, em:

http://www.thedevils.com.br/

https://www.facebook.com/thedevilsbrazil/

https://www.instagram.com/thedevilsbrazil/

https://www.youtube.com/c/TheDevilsNWOBRHM

https://soundcloud.com/thedevilsbrazil

#Bandas #TheDevils #HeavyMetal #NWOBRHM #Resenhas #ResenhasdeDiscos #MetalnoPapel #AndreSantos

As opiniões expressas nesse site são de responsabilidade de seus autores e não expressam necessariamente a opinião de seus editores.

Site criado por JP Carvalho da JPGraphix, para Metal No Papel 2017 / 2020 - Todos os direitos reservados.

Fale conosco:   mnp.metalnopapel@gmail.com