• Maria Correia

A Hora de Brilhar: Fanny Rodrigo aposta em sentimentalismo pop em EP de estreia


Sentimentalismo e resistência. Esse é o espírito do EP de estreia do cantor Fanny Rodrigo, intitulado A Hora de Brilhar. O lançamento é independente e alude à obra da escritora Clarice Lispector, que completaria 100 anos em dezembro de 2020. No âmbito melódico, por sua vez, o cantor mescla pop, funk e música alternativa.


Escute o EP A Hora de Brilhar via Spotify ou Deezer

O mini-álbum conta com quatro músicas, incluindo o single Astral e a faixa-título A Hora de Brilhar - além das canções Vinho e Iluminar. As sessões de gravação ocorreram de forma caseira em Natal, no Rio Grande do Norte. Na ocasião, o artista contou com o suporte do produtor Jefferson Soares.


Fanny Rodrigo conta que as canções ressaltam o amor e o protagonismo LGBT perante a sociedade contemporânea.


Assista o videoclipe de Astral


“É um trabalho que retrata a importância das mudanças. Os tempos mudaram e chegou a hora dos oprimidos brilharem. Precisamos ter força e coragem para isso. E eu sempre senti esse vigor com as palavras da Clarice. Por isso, me inspirei principalmente no seu livro A Hora da Estrela para conceber o meu EP”, frisou.

Arte da capa por Thiago Tavares e Fanny Rodrigo

Fanny Rodrigo está em atividade desde meados de 2017 e colaborou com a cantora Potyguara Bardo em 2018, gravando a trilha sonora do curta-metragem ficcional Verde Limão, dirigido por Henrique Dias. Agora, o artista já trilha a produção de novos materiais autorais.


Setlist

A Hora de Brilhar

Vinho

Astral

Iluminar


VERMELL PRESS

vermellpress@gmail.com

Instagram: @vermellpress


Fonte: Vermell Press