• Maria Correia

ANONYMUS ganha prêmio de "Álbum de Metal do Ano" e Piggy Award em homenagem ao guitarrista do Voivod


Crédito da foto: Dani Rod

O 12º estúdio canadense das lendas do thrash Anonymus, um álbum "La Bestia" (Bam & Co Heavy) , ganhou dois prêmios GAMIQ (Gala Alternatif de la Musique Indépendante du Québec) por "Álbum de Metal do Ano" e o primeiro "Piggy Award" , nomeado em homenagem ao falecido guitarrista do Voivod Denis "Piggy" D'Amour, por seu reconhecimento de carreira na indústria musical de Quebec. A lista completa dos vencedores do 15º prêmio anual GAMIQ pode ser encontrada aqui, juntamente com a visualização do evento online aqui, que foi realizado no domingo, 6 de dezembro. GAMIQ - Nomeados para o álbum de metal do ano: Anonymus - La Bestia - Winner

Obey The Brave - Balance

Sandveis - Saboteur

Scare - Not Dead Yet, Probably...

Souphl - Commerages

Warsenal - Feast Your Eyes Comemorando seu aniversário na mesma noite do evento de premiação, o baterista do Anonymus Carlos Araya comenta sobre a conquista do GAMIQs: "No início desta aventura de" La Bestia ", que começou não muito depois do lançamento de nosso álbum Sacrifices 2019, surgiu a questão ... O que faremos depois, mudamos o padrão? Vamos empurrar para outro lugar e diferente? Então, Carlos Ponte, nosso empresário se propôs a fazer algo diferente, fazer um álbum totalmente em espanhol, que naturalmente atrairá a atenção de uma banda canadense com uma longa história sendo todos nós trilingues (espanhol, Francês, inglês)… A partir daí, as coisas foram criadas instintivamente no que fazemos e sabemos no metal. Estamos muito gratos e honrados por termos ganho o Álbum do Ano de Metal, queremos agradecer a todos aqueles que trabalharam conosco neste, nosso selo Bam & Co, incluindo Steve, Dany, Virginie e companhia, Propagande, Believe, Soundblast Media, Asher Assessoria de Imprensa, Background Noise e Omv Networking, que ajudaram a nos apresentar. Benoit Nantel pelas gravações ao vivo, que nos serviram bem, Mat Charest pelo vídeo "Bicho Loco" e Anthony Chognard pela gravação, juntamente com Colin Richardson e Jean-Francois Dagenais do Kataklysm por suas contribuições de co-produção. Gosto de acrescentar que estamos extremamente honrados em ganhar o primeiro "Piggy" do GAMIQ como reconhecimento de carreira. “Piggy” também conhecido como Denis D'Amour do Voivod foi e ainda é uma grande influência em nossa cultura metal em Quebec e além, então nos sentimos muito privilegiados em receber este prêmio.

O que mais posso dizer, mas que o Anonymus é um feito de mais de trinta anos atrás, quando recebi minha primeira bateria dos meus pais e da fundação da banda. O fato de a banda estar junto com apenas uma mudança após todos esses anos também é uma conquista, então vamos destacar a inegável contribuição de Marco Calliari na banda nos primeiros 17 anos. Continuar a fazer música com os gêmeos Souto que são meus amigos desde que cheguei ao Canadá aos 8 anos é um destino que poucos podem sonhar. O nosso amigo Carlos Ponte, que nos ajuda desde o primeiro dia, também é notável. A saída de Marco não foi fácil, mas Jef Fortin foi capaz de trazer estabilidade e eficiência ao riff e às músicas. Uau, que sorte temos de tê-lo como guitarrista, compositor e produtor. Acima de tudo, ele rapidamente se tornou um membro de nossa família unida.

Há muitos destaques em nossa carreira. Gostamos de agradecer a um irmão de armas, Mononc 'Serge, com quem dividimos o palco em três turnês, dois álbuns e dois DVDs; que colaboração divina ... Muito obrigado a Nadine Methot, Kaz Choucri, Pierre Rémillard. Todos os promotores, apresentadores, bookers, festivais, equipes técnicas, bandas, pessoas da comunidade que conhecemos; você sabe quem você é, obrigado.

E o maior obrigado, sem dúvida, vai para nossos FÃS. Sem você, essa banda seria realmente anônima…. Obrigado eterno. "


Sobre "La Bestia" : Conhecida por sua discografia de lançamentos franceses e ingleses, “La Bestia” é o primeiro full-length que a banda oferece aos fãs de metal totalmente em espanhol. Muitos metaleiros e críticos fizeram a pergunta mais relevante, por que um álbum em espanhol? A resposta ... como o baterista Carlos Araya é chileno, e Oscar (vocal e baixo) e Dan Souto (guitarras e backing vocals) são filhos de imigrantes espanhóis, era inevitável fazer um disco nessa língua que 3 / 4 da banda é fluente em. As faixas de “La Bestia” foram produzidas principalmente pelo guitarrista Jef Fortin, assim como Colin Richardson, que também produziu 'Instinct', de 1999, e Jean-Francois Dagenais (Kataklysm), que produziu 'Chapter Chaos Begins' em 2006. O álbum conta ainda com a música bilíngue “Violencia Versus Violence” com a participação de Carlos Maldos da Lethal Creation (MX) e Arno Dhenain Le Bourhis do Black Bomb A (FR) e uma segunda faixa bilíngue “Tierra” com Marco Calliari cantando em Italiano. Stream e download do álbum “La Bestia” no Spotify, Apple Music, Deezer AQUI . Vinil AQUI

E para os amantes da cerveja, o Anonymus também lançou sua própria cerveja IPA (La Microbrasserie Le Fermentor), em homenagem ao seu primeiro lançamento espanhol.

Informações AQUI

Track List:

1. Bajo Presión (3:31)

2. Bicho Loco (3:58)

3. Sobrevivir (4:11)

4. Violencia Versus Violence (featuring Carlos Maldos of Lethal Creation (MX) and Arno from Black Bomb A) (4:33)

5. La Bestia (5:22)

6. Máquinas (3:32)

7. Cada loco con su tema (5:37)

8. Tierra ( Produced by Colin Richardson and Featuring Marco Calliari) (4:01)

9. Terremoto (Produced by Jef Dagenais (Kataklysm) (3:08)

Album Length: 37:57


Para mais informações:

Bamand.co

Anonymusmetal.com

Facebook.com/anonymusmetal

Instagram.com/anonymusmetal1

Instagram.com/anonymusmetal_es


ASHER MEDIA RELATIONS

Jon Asher - Music Publicist

Facebook @AsherMediaRelations

Tweet @AsherMedia

Instagram @AsherMedia

Fonte: Asher Media Relations