• Maria Correia

Banda de ex-Avalon, Crimson Foxes lança primeiro álbum


Radicado nos EUA, músico que fez história no Metal nacional, hoje aposta no Classic e Hard Rock

Depois do lançamento de três singles como prévia (ouça-os aqui), todos bem recebidos pela mídia e público, o Crimson Foxes, projeto do brasileiro radicado nos Estados Unidos, Frank Almendra (Avalon), chega ao seu primeiro álbum completo. O trabalho autointitulado marca o retorno público e definitivo de Frank à música, trazendo como mote o Classic e o Hard Rock.


“Esse álbum para mim é uma volta as origens. Eu cresci ouvindo as bandas de Rock dos anos 70: Zeppelin, Deep Purple, Sabbath, Aerosmith, Kiss, UFO e muitas outras. O Crimson Foxes é um projeto que remete a essas influências com uma pegada um pouco mais moderna, afinal estamos em 2022”, diz o músico, cantor e compositor, que hoje reside em Austin, no Texas.


“Crimson Foxes” tem sido moldado nos últimos anos, e além de tocar e cantar, Frank convidou diversos outros vocalistas para participar do disco. Pietro Gubernari (Hard Eight), Tomi Temp (Mon Roe), Marcel Ribas e Anton Parr (Buffalo Theory MTL, ex-Avalon) gravaram suas vozes para o trabalho. Anton curiosamente substituiu Frank quando ele saiu da clássica banda brasileira de Heavy / Thrash Metal, Avalon. O disco também traz o guitarrista Andre Bastos (Twilight Aura, ex-Angra) na faixa “Walking Back Home”.

“Me fez um bem enorme voltar a compor e escrever essas músicas, tanto que elas vieram tudo de uma vez só e em grande velocidade. Em menos de 2 meses eu fui perceber que tinha material para quase dois álbuns”, complementa o músico, que integrou o Avalon nos anos 80 / 90 e gravou os icônicos “Stop The Fire”, split álbum ao lado da banda Megahertz, lançado pela Cogumelo Records, “Old Psychotic Eyes” (1992) e “Incognito” (1994), ambos lançados pelo selo Encore Records. Na banda, Frank atendia por Ico Almendra.


“Crimson Foxes” foi feito na melhor forma DIY (do it your self, o famoso ‘faça você mesmo), tendo toda gravação, mixagem, masterização e produção do próprio Frank Almendra. A exceção ficou por conta da belíssima capa, que ficou a cargo do renomado Alcides Burn, da Burn Artworks, que trabalhou com nomes como Toxik, Krisiun, Nervosa, entre outros.

Ouça o single:

https://open.spotify.com/album/6uPj3ikntQStNc3NJ8RXpB?si=CmMRcBN5QFOUyX6KGsBXkA

Siga o Crimson Foxes nas redes sociais e plataformas de streaming:

Instagram: www.instagram.com/crimson.foxes

Spotify: https://open.spotify.com/artist/6Uk5hAGPEd30QsiG4dFizP?si=tVoS87_IS_-1b-h4JLK4Gw

Youtube: https://youtu.be/hxKrkB1gK9k


Fonte: VHPress