• Maria Correia

BEATEN TO DEATH, DA NORUEGA, MOSTRA CRIATIVIDADE GRINDCORE EM SÉRIE DE EPS


Não importa, parte um: me mudei para Mastbos’ é o esdrúxulo título – traduzido do holandês ao português – do primeiro, da série de quatro EPS, lançado no final de 2020 pelo Beaten to Death, banda de grindcore melódico da Noruega.


Apesar de toda a complexidade que ronda o do nome dos registros e a conexão entre os materiais, é uma formação contemporânea de música pesada avessa às extensas e não raramente massantes biografias, e que pede atenção à sonoridade – avassaladora, carregada de blastbeats, riffs e até mesmo melodias.


Cada EP faz referência a uma floresta e Mastobs é uma delas, localizada no sul da cidade holandesa Breda. Segundo a banda, o conceito “leva o ouvinte às paisagens etéreas construídas pela musicalidade do Beaten to Death”. Não espere nada menos do que uma massa sonora agressiva, barulhenta e feroz.


Laat maar, deel een: ik verhuis naar Mastbos, o título original, foi originalmente lançado em novembro de 2020, mas gravado entre 26 e 30 de dezembro de 2019, exceto os vocais, registraados entre janeiro e março do ano passado.


A IDL Press tem a exclusividade na divulgação do Beaten to Death na América Latina e, ao longo de janeiro e fevereiro, vai promover todos os quatro Eps deste sexteto norueguês, baseado em Oslo.


Destaques:

- Disco anterior, “Agronomicon, foi indicado ao Grammy norueguês, o Spellemannprisen 2018.

- A Decibel Magazine escolheu o álbum “Unplugged” (já fora de catálogo) como o sexto melhor álbum de grindcore da última década.

Citações da imprensa:

"Um registro único de música extrema, Agronomicon congrega muita agressão" (Metal Hammer)


"São pesados, intransigentes, divertidos e realmente nunca jogam com regras" (Metal Injection)


"É uma verdadeira tolice comparar este grupo a qualquer outro. Cada elemento sobre essa banda é incrivelmente único" (Decibel Magazine)


Assista: Flatulence Of Emotions

Links:

https://www.facebook.com/beatentodeath

https://www.instagram.com/beatentodeath/?hl=en

https://www.youtube.com/user/beatentodeathnet


Fonte: IDL Press