top of page
  • Foto do escritorMaria Correia

Best of Blues and Rock celebra 10 anos em junho, em São Paulo


Evento acontece nos dias 2, 3 e 4 de junho na platéia externa do Auditório Ibirapuera

O Best of Blues and Rockcelebra 10 anos em 2023 e confirma sua realização nos dias 2, 3 e 4 de junho, na plateia externa do Auditório Ibirapuera, em São Paulo. Reconhecido pela alta qualidade de sua programação, o festival apresenta diversas atrações, como Tom Morello, Buddy Guy, Steve Vai, Goo Goo Dolls, The Nu Blu Band e Extreme, além dos artistas nacionais Ira!, Dead Fish, Malvada,Nanda Moura, Day Limns e Artur Menezes.


A realização do Best of Blues and Rock é da Dançar Marketing, empresa com mais de 40 anos de atuação no mercado e referência na cultura e entretenimento do país.


A lenda da guitarra Tom Morello participou da edição 2018 do Festival e estará presente na edição comemorativa de 2023. O artista é conhecido por seus trabalhos com as bandas Rage Against the Machine e Audioslave, com as quais já vendeu mais de 30 milhões de álbuns pelo mundo. Sua marca registrada são os solos, que lembram arranhões de toca-discos.


Atração especial do evento, o veterano guitarrista norte-americano Buddy Guy traz sua ‘Damn Right Farewell Tour’ para o país. ‘Medalhão’ do blues, o artista de 86 anos volta ao Festival em um momento especial – sua turnê mundial de despedida dos palcos, que teve início em fevereiro nos Estados Unidos. Influência para nomes como Jimi Hendrix, Eric Clapton e Stevie Ray Vaughan, Buddy Guy ganhou seu 8º e mais recente prêmio Grammy em 2019, por seu 18º LP solo, ‘The Blues Is Alive And Well’.


Steve Vai faz sua estreia no festival, trazendo sua infinita criatividade e domínio técnico da guitarra. Com mais de 15 milhões de álbuns vendidos em todo o mundo e 3 prêmios Grammy, Vai prova todos os dias porque é um dos verdadeiros ícones originais da música e sempre aparece com destaque em várias listas dos maiores guitarristas de todos os tempos.


A banda norte-americana Goo Goo Dolls está confirmada para a edição de dez anos do evento.Formado por Johnny Rzeznik (voz) e Robby Takac (baixo), o Goo Goo Dolls se apresenta no domingo, dia 4 de junho. A banda ganhou fama mundial com músicas como ‘Iris’, ‘Name’,‘Slide’ e‘Black Balloon’ e aproveita a oportunidade para mostrar ao público o resultado de seu novo disco, ‘Chaos in Bloom’, lançado em 2022.


Dona do clássico álbum ‘Extreme II: Pornograffitti’, lançado em 1990, a banda de hard rock norte-americana Extreme também é atração confirmada. Formada em 1985, em Boston (EUA), a banda se prepara para lançar seu novo trabalho, intitulado ‘Six’, como músicas como ‘Rise’ e ‘Other Side Of The Rainbow’.


A turma do IRA!, banda paulistana nascida em 1981, é vista como os verdadeiros operários do Rock, da música e da cultura pop brasileira. Seus shows reúnem muita energia, diversos clássicos e hits destilados com a marcha de uma sempre estonteante e inexplicável sonoridade de guitarras.


Com 32 anos de história e prestes a gravar seu 9º álbum, o Dead Fish sobe ao palco do Best of Blues and Rock pela primeira vez, apresentando as músicas que consagraram a banda como um dos principais grupos de hardcore do Brasil.


De finalista de reality show a representante de toda uma nova geração, Day Limns é o nome da música atual. Com mais de 100 milhões de visualizações no YouTube e 80 milhões de streams, a artista traz ao palco do festival seu posicionamento seguro e voz surpreendente que conquista a cada dia mais fãs e grandes nomes da música.


Enriquecendo ainda mais o cast nacional, a banda Malvada é a mais nova representante das mulheres no rock brasileiro e conta com Angel Sberse (voz), Bruna Tsuruda (guitarra), Marina Langer (baixo) e Juliana Salgado (bateria).


A cantora e guitarrista Nanda Moura sobe ao palco e apresenta versões de clássicos do blues tradicional. Ela é acompanhada por músicos veteranos do cenário nacional: Otávio Rocha (guitarra), César Lago (baixo), Gil Eduardo (bateria).


Liderada pela vocalista Carlise Guy, que iniciou sua carreira cantando em igrejas de Chicago, onde nasceu, é filha da lenda do Blues, Buddy Guy (também presente no Best of Blues and Rock 2023). A The Nu Blu Band conta ainda com Dan Henley na bateria e Mark Maddox na guitarra. A banda se apresenta no sábado, dia 3, e traz seu repertório de blues, R&B, pop e canções da Motown.


Completando o casting brasileiro, o guitarrista de blues cearense radicado nos Estados Unidos, Artur Menezes, volta ao palco do festival no sábado, dia 3 - em 2018, Artur se apresentou no Best of Blues and Rock dividindo o palco com Joe Satriani. Com 5 discos e 1 EP lançados, Artur foi escolhido entre os "TOP 25 Melhores Novos Guitarristas de Blues" pela revista americana Guitar Player e vem fortalecendo sua marca na cena blues rock mundial, mesclando suas influências com o blues e definindo um estilo mais moderno e verdadeiro. Divide seu tempo entre turnês na Europa, Estados Unidos e Brasil, além de ser professor no Musicians Institute em Hollywood, na Califórnia.


Os ingressos custam a partir de R$ 450,00 e podem ser adquiridos com parcelamento em até 10 vezes pelo site da Eventim ou na bilheteria do Estádio do Morumbi, neste último sem taxa de conveniência. Há a opção Combo Promocional, que dá direito a assistir aos três dias do festival. Também está disponível para todo o público a Entrada Social, mediante a entrega de um agasalho na entrada do evento.


Confira abaixo as atrações em cada dia:

DIA 2 DE JUNHO (sexta)

· Tom Morello

· Extreme

· Malvada

· Nanda Moura

DIA 3 DE JUNHO (sábado)

· Buddy Guy – Damn Right Farewell Tour (turnê mundial de despedida)

· Steve Vai

· The Nu Blu Band

· Artur Menezes

· Dead Fish

DIA 4 DE JUNHO (domingo)

· Tom Morello

· Buddy Guy – Damn Right Farewell Tour (turnê mundial de despedida)

· Goo Goo Dolls

· Ira!

· Day Limns


SERVIÇO:

Best of Blues and Rock 10 anos

Data: Dias 2, 3 e 4 de junho de 2023

Local: Plateia externa do Auditório Ibirapuera: Av. Pedro Álvares Cabral -Ibirapuera - São Paulo

Classificação: 16 anos (menores podem comparecer acompanhados de responsável legal)

Ingressos: a partir de R$ 450,00 (meia-entrada)

Bilheteria oficial SP - sem taxa de conveniência

Estádio do Morumbi - Bilheteria 05 (próximo ao portão 15)

Avenida Giovanni Gronchi, 1866 - Morumbi - São Paulo - SP - 05651-001

Funcionamento: Terça a sábado das 10h às 17h - Não tem funcionamento em feriados, dias de jogos ou em dias de eventos de outras empresas.

Parcelamento em até 10x nos cartões Visa, MasterCard, American Express e ELO.

Realização: Dançar Marketing

Importante: adquira seus ingressos na plataforma oficial. A Dançar Marketing e a Eventim não se responsabilizam por ingressos adquiridos em plataformas não oficiais de vendas.


Sobre os Artistas:

TOM MORELLO:

Crédito: Divulgação

Tom Morello é a prova viva do poder transformador do rock'n'roll. Conhecido por sua guitarra inovadora, solos e acordes estrondosos, Morello é integrante original das bandas de rock Rage Against the Machine e Audioslave, vencedor de muitos prêmios Grammy e um total de 30 milhões de álbuns vendidos em todo o mundo. Morello é ativista e usa sua posição para expressas suas ideias. “Tenho me dedicado musicalmente e como ativista a lutar contra a injustiça a cada passo”, diz ele. “Em meio a essa sensação intensificada de desgraça iminente, agora é hora de reunir as tropas em um último esforço para salvar o planeta e nossas almas artísticas. Ao desafiar os limites do que a música é e tem soado como antes, você pode abrir os olhos das pessoas para mudar o status quo na sociedade.”


BUDDY GUY

Crédito: Paul Natkin

Aos 86 anos, Buddy Guy realiza em 2023 a turnê “DamnRightFarewell Tour”, sua despedida dos palcos. Membro do Hall ofFame do Rock &Roll, teve grande influência na carreira de titãs da música como Jimi Hendrix, Eric Clapton e Stevie Ray Vaughan. Recebeu ao longo de sua carreira 8 prêmios Grammy, em 2015 foi homenageado com o Lifetime Achievement Grammy Award, e conquistou 38 Blues Music Awards (o máximo que qualquer artista já recebeu). Em julho de 2021, em homenagem ao seu 85º aniversário, a PBS American Masters lançou o documentário “Buddy Guy: The Blues Chase The Blues Away”, que mostra sua infância colhendo algodão no estado de Louisiana até a posição como um dos guitarristas mais influentes de todos os tempos. Em 2012, Buddy Guy foi premiado com o Kennedy Center Honor 2012 por sua contribuição vitalícia à cultura americana. Neste mesmo ano, publicou seu livro de memórias, “When I Left Home”.


STEVE VAI:

Crédito: Divulgação

Um guitarrista virtuoso, compositor visionário e produtor consumado que esculpe o som musical com infinita criatividade e maestria técnica, Steve Vai impressiona fãs de todos os gêneros com suas excepcionais habilidades na guitarra e musicalidade por décadas. Aos 12 anos, começou a ter aulas de violão com Joe Satriani. Aos 18 anos, ele começou sua carreira musical profissional transcrevendo e depois tocando com o lendário Frank Zappa. Mais de três décadas, mais de 15 milhões em vendas de álbuns e 3 prêmios Grammy depois, Vai provou ser, por mérito próprio, um dos verdadeiros originais da música. O trabalho de Vai foi reconhecido com uma longa lista de prêmios e homenagens, incluindo mais de 15 somente da revista Guitar Player. Suas realizações ao longo de sua carreira lhe renderam doutorados honorários do Berklee College of Music e do Musicians Institute. Homenageado do Hall da Fama da Música de Long Island em 2016, foi eleito o 10º Melhor Guitarrista pela revista Guitar World e consistentemente aparece em destaque em várias listas dos melhores guitarristas de todos os tempos.


EXTREME:

Crédito: Divulgação

Banda de Rock criada na cidade de Boston (EUA), fez sua primeira grande apresentação em 1988 abrindo um concerto do Aerosmith. No início dos anos 90 lançaram o álbum ‘Pronograffitti’, chegaram ano #1 da Billboard com o hit ‘More than Words’, e um hit Top Five com ‘Hole Hearted’.Em 1996 a banda deu uma parada, com seus integrantes partindo para carreiras solo ou se unindo a outros grupos. Após um hiato de 13 anos, o Extreme se reuniu para o lançamento do novo álbum “Saudades de Rock”, produzido pelo guitarrista Nuno Bettencourt no estúdio NRG, em Los Angeles.


Em 2006, o sucesso "Play With Me" foi incluído no videogame ‘Guitar Hero Encore: Rocks the 80s’. A formação atual do Extreme conta com Gary Cherone (vocais), Nuno Bettencourt (guitarra, vocal de apoio, piano, teclado e percussão), Kevin Figueiredo (bateria) e Patrick Badger (baixo e vocal de apoio).A banda lança novo disco em junho.


GOO GOO DOLLS:

Crédito: Divulgação

Formada por Johnny Rzeznik (voz) e RobbyTakac (baixo) em Buffalo, Estados Unidos, a banda de rock vendeu cerca de 15 milhões de discos em todo o mundo e conquistou quatro indicações ao Grammy. ‘A Boy Named Goo’ (1995), o quinto disco da banda, ganhou inclusive platina dupla. Já ‘Dizzy Up The Girl’ (1998) foi cinco vezes platina. ‘Gutterflower’ (2002) e ‘Let Love In’(2006) foram disco de ouro. Seu maior clássico é a faixa ‘Iris’, que alcançou o primeiro lugar no Hot 100 por 18 semanas consecutivas.


THE NU BLU BAND:

Crédito: Divulgação

O grupo tem a energia lá em cima casada com a sequência rítmica liderada por Mark Maddox na guitarra, Dan Henley na bateria e os vocais poderosos de Carlise Guy, filha da lenda do Blues e oito vezes vencedor do Grammy, Buddy Guy. Eles executam uma ampla gama de gêneros passando pelo Blues, R&B, Pop e Motown. Sua música predominantemente soul é suficiente para fazer qualquer público se levantar e dançar. É sempre uma festa quando a The Nu Blu Band está no palco.

IRA!:

Crédito: Ana Karina Zaratin

O coração do IRA!, representado por Nasi (vocal) e Edgard Scandurra (guitarra), está hoje mais maduro, experiente e afiado. Estão plenos, amigos, fortes e vibrantes em todos os shows, sempre com a mesma adrenalina juvenil e inquieta que uma banda de rock genuína tem que ter, mesmo à caminho de completar 40 anos de estrada. O quarteto é completado por Johnny Boy (baixo) e Evaristo de Pádua (bateria), dois magistrais e experientes músicos que, desde o retorno aos palcos em 2014, solidificam o IRA! como uma banda impecável, “perfeita e cheia de imperfeições rockeiras”.


DEAD FISH:

Crédito: Divulgação

Tudo começou quando, no início dos anos 90, cinco amigos sem muita pretensão montaram uma banda intitulada “Stage Dive”, com a ideia de andar de skate e levar um som com covers de grupos já consagradas no punk rock internacional. De versões de BadBrains, Dead Kennedys e Ramones, a banda passou a compor suas própriasmúsicas e a fazer seus primeiros shows. É quando surge o nome definitivo: DeadFish. Com oito álbuns lançados e dois VMB’s (Banda Revelação e Melhor Banda de Hardcore) na carreira, a banda é formada hoje por Rodrigo Lima (vocais), Marcos Melloni (bateria), Ricardo Mastria (guitarra) e Igor Tsurumaki (baixo).


DAY LIMNS:

Crédito: Alan Jonnes

Foi em 2017 que o Brasil começou a ouvir esse nome. Ao subir no palco de um reality show de TV, a cantora de posicionamento seguro e voz surpreendente conquistou Lulu Santos. Hoje, Day Limns comemora o sucesso do lançamento de seu primeiro álbum “Bem-vindo ao Clube”, com misturas do POP, POP Punk, Punk Rock, Rock, Emocore, Trap e Rap, além da recém-lançada “7 Vidas” que dá sequência a sonoridade do projeto. Além de transmitir suas mensagens em suas próprias canções, Day é responsável pela composição de grandes hits cantados por Anitta, Luisa Sonza, Vitão, As Baías, Carol Biazin, Clau, Rouge, entre outros. Em “Doce 22”, novo álbum de Sonza, Day é coautora das canções “2000. S2”, “Anaconda”, “Penhasco” e “Caos/Flor”.


MALVADA:

Crédito: Divulgação

Criada em março de 2020, a Malvada é uma banda de rock nacional formada somente por mulheres. Com a poderosa voz de Angel Sberse, Bruna Tsuruda (guitarra), Marina Langer (baixo) e Juliana Salgado (bateria), a banda aposta em rock cantado em português.Intitulado ‘A Noite Vai Ferver’, o primeiro álbum do grupo conta com 9 faixas, foi lançado em 5 de agosto de 2021 e vem sendo destaque nas principais mídias especializadas do País.


NANDA MOURA:

Crédito: Daniela Xu

Cantora e guitarrista de blues, a brasileira tem como referências principais artistas dos anos 1920 e 1930, como Blind Willie Johnson, Son House, Robert Johnson, Skip James, além das divas Bessie Smith, Memphis Minnie e MaRainey. Nanda é acompanhada por Otávio Rocha (guitarra), César Lago (baixo) e Gil Eduardo (bateria), músicos de um dos grupos mais conhecidos do País, o Blues Etílicos.

ARTUR MENEZES:

Crédito: Jessica Kuhne

Radicado nos Estados Unidos desde 2016, o guitarrista, cantor e compositor Artur Menezes vem deixando sua marca na cena blues rock mundial. Seu estilo psicodélico, pesado e groovado, mesclado às suas raízes brasileiras nordestinas, adicionam um sabor único à mistura e distinguem ainda mais sua forma de tocar das de seus contemporâneos. Com 5 discos e 1 EP lançados, Artur tem fortalecido sua marca no cenário.

Sobre o Best of Blues and Rock

Em 2023, o Best of Blues and Rock chega a sua décima edição. Concebido pela Dançar Marketing em 2013, o festival marcou sua história pelo ineditismo de conectar gêneros como Blues, Rock e Jazz a uma série de ações e ativações envolvendo cultura, acessibilidade, tecnologia, educação e inovação. Ao longo de sua trajetória, realizou mais de 300 atividades, reuniu um público superior a 1,4 milhão de pessoas, e demonstrou seu total apoio à música, trazendo para seus palcos artistas nacionais e internacionais em performances exclusivas e contagiantes.

Muito além do entretenimento, o Best of Blues and Rock é um resgate ao legado cultural e às raízes do gênero musical que transformou o mundo da música e permanece influenciando outros gêneros como Jazz, Pop, Hip Hop, Rock e R&B.


Nessa última década já passaram pelo palco do festival artistas icônicos e referências globais como Buddy Guy (que retorna com sua “DamnRightFarewell Tour” em 2023), ZakkWylde, Kenny Wayne Shepherd, Tom Morello, John 5, Keb’Mo’, Quinn Sullivan, Richie Sambora, Joe Satriani, Jamie Cullum, George Benson, Jimmie Vaughan, Charlie Musselwhite, Ben Harper, e Joe Perry; e artistas nacionais como: Ari Borger, Artur Menezes, Irmandade do Blues, Igor Prado, Andreas Kisser, Di Ferrero, Cacá Magalhães, Francisco El Hombre, Vitor Kley, Orquestra Jazz Sinfônica, YohanKisser, Cara do Metal, Lan Lanh e outros.


Sobre a Dançar Marketing

Fundada em 1982, a Dançar Marketing cria experiências memoráveis por meio da cultura e do entretenimento. São mais de 40 anos concebendo projetos e soluções criativas que conectam pessoas, marcas e oportunidades, reunindo ao longo dos anos mais de 50 milhões de pessoas em seus 1.500 eventos (dos quais mil gratuitos), 160 shows open air, além de mais de 35 projetos proprietários e sociais como o AstraZeneca Viva a Cultura!, Avon Women in Concert, Big Bands, Cantos e Contos, Cine na Praça Cosipa, Circuito Musical, Clássicos Internacionais, Concertos Instrumentais, Concertos Populares, Criação Teatral Volkswagen, Concertos Regionais de Vinólia, Festival da Padroeira, Jazz para Todos, Laboratório Cultural Ultra, Mostra Música Instrumental, Noites Clássicas, Noites do Jazz, Orquestra para Todos, Palco do Teatro, Performance Action, Primavera Musical no Vale, Viagem Nestlé pela Literatura, entre outros; exposições como Riachuelo Mostra Moda e Samsung Rock Exhibition (com acervo de Jimi Hendrix, Nirvana e Rita Lee em suas últimas edições) e festivais como Telefônica Open Jazz, Festival da Padroeira, eFestival e Best of Blues and Rock. Em seu portfólio estão grandes turnês internacionais e shows de artistas icônicos como Andrea Bocelli, Luciano Pavarotti, José Carreras, Sarah Brightman, Kiri Te Kanawa, Chris Cornell, George Benson, Joss Stone, Norah Jones, Diana Krall, além de consultorias em leis de incentivo para empresas como Vale, Deloitte, Libbs, Volkswagen, Nestlé, Roche, Ambev, entre outras.


Fonte: New Ideas Comunicação








Comentarios


bottom of page