top of page
  • Foto do escritorMaria Correia

"Bloody Blasphemy" do GOD DETHRONED ganha versão em formato slipcase no Brasil pela CIANETO DISCOS



O selo brasileiro CIANETO DISCOS lançou no mercado brasileiro uma versão especial do clássico "Bloody Blasphemy", terceiro álbum de estúdio da banda holandesa de Death Metal GOD DETHRONED, lançado em 1999 pela gravadora Metal Blade Records. Disponível em CD com caixa acrílica + slipcase, este álbum é considerado como um dos trabalhos mais significativos e influentes da banda, consolidando sua posição no cenário do Metal extremo. "Bloody Blasphemy" mantém o estilo característico da banda, que é conhecido por suas composições agressivas e atmosfera sombria. A produção do álbum é robusta e contribui para a entrega impactante das músicas. Os elementos técnicos e a mixagem são bem executados, capturando a ferocidade e a intensidade da música do GOD DETHRONED.


"Bloody Blasphemy" foi gravado no estúdio Unholy Ground entre o outono e inverno de 1998 e lançado em 6 de abril do ano seguinte, ratificando a evolução do grupo, que trazia em suas fileiras Henri (vocal/guitarra), Jens (guitarra), Beef (baixo) e Roel (bateria). Como o título sugere, "Bloody Blasphemy" lida com temas blasfemos e obscuros. As letras exploram conceitos ligados à blasfêmia, anti-religião e outras temáticas. A abordagem lírica agressiva é complementada pela música intensa, criando uma atmosfera coesa ao longo do álbum. Algumas faixas marcantes do álbum são “The Execution Protocol”, “Firebreath” e a enigmática “Soul Capture 1562”, com seus longos 8 minutos de duração.


“Soul Capture 1562”, um dos destaques do álbum, descreve uma narrativa envolvendo um navio em meio a mares turbulentos, enfrentando desafios sobrenaturais. O capitão desafia Deus e um espírito maligno, resultando em uma maldição que condena o navio a vagar eternamente pelos mares. A referência ao ano "1562" sugere uma ambientação histórica, relacionada a eventos como o transporte de escravos, citados na letra. O narrador expressa desafio e desespero diante das forças sobrenaturais que amaldiçoaram sua jornada, buscando compreender o preço a ser pago por suas ações. O tema aborda elementos como desafio a poderes divinos, maldições, e a inevitabilidade de um destino amaldiçoado.


Para os aficionados em história e sua ligação com o cenário Heavy Metal, sabe-se que em outubro de 1562 o corsário John Hawkins realiza o primeiro de vários trajetos de comércio de escravos, atacando navios negreiros portugueses ao largo da costa oeste africana e transportando à força os africanos escravizados a bordo para colônias espanholas nas Américas, com o objetivo de vendê-los. Hawkins chega à ilha de Hispaniola, nas Índias Ocidentais Espanholas, onde vende ilegalmente os africanos escravizados para colonos locais, visto que sua presença viola as leis espanholas.



Confira o track list do álbum:

1. Serpent King

2. Nocturnal

3. The Execution Protocol

4. Boiling Blood

5. A View of Ages

6. Soul Capture 1562

7. Under the Golden Wings of Death

8. Firebreath

9. Bloody Blasphemy


Para adquirir o álbum, acesse:


Ouça o álbum via Spotify:


Assista ao vídeo clipe deUnder the Golden Wings of Death”:



Contatos:

Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br


Fonte: Wargods Press

Comments


bottom of page