• Maria Correia

Conheça o primeiro álbum do guitarrista brasileiro/japonês Lucio Moriyama


Lucio Moriyama é um emergente guitarrista e compositor nipo-brasileiro oriundo da cidade de São Paulo. Depois de algumas experiências de palco com projetos e bandas como a Glavia, o artista agora retorna em um voo solo buscando novos horizontes. Inspirado por suas experiências de vida, Moriyama cria músicas que conectam pessoas ao redor do mundo. Tendo sua guitarra como principal instrumento, o músico mistura vários elementos sonoros de diferentes estilos em “Horizon”, seu álbum de estreia totalmente instrumental. (ouça spotify, Deezer, Yourtube, Apple Music, bandcamp e soundcloud).

Ao longo de 10 faixas e quase 40 minutos, Lucio Moriyama apresenta seu cartão de visita, em vigorosos e dinâmicos solos de guitarra, de estilo incomparável, e deixando claro quão apaixonado ele é por sua música. Tendo composto todas as canções e arranjos, fazendo uso de uma gama de instrumentos que enriquecem o enredo sonoro e o protagonismo vigoroso de sua guitarra, Lucio Moriyama reúne técnica e emoção em canções que remetem à cultura de seus antepassados do Japão, como “Ikebana” (a cultura de arranjar flores, ramos e galhos naturais destacando a sua beleza e harmonia) e “Hannya” (máscara de teatro que representa uma pessoa que ao ter muita inveja e outro sentimentos negativos se tornou um demônio).

O álbum soa moderno e preciso, com composições que vem sendo maturadas a quase 10 anos, como “Dirty Heart”, nas palavras do Lucio “uma faixa na qual amadureci minha abordagem como compositor e interprete”. Em “Neon Tokyo”, último single anterior ao álbum, a inspiração veio de trilhas de jogos e synths que remetem a década de 80. “Moon”, uma música feita para viajar em todos os sentidos possíveis. Já a canção “Horizon”, que dá nome ao álbum, foi criada na perspectiva de abrir novos caminhos e horizontes na carreira deste músico inspirado e determinado.

O trabalho conta com projeto gráfico e capa criadas pela arte terapeuta paulista Izabel Magnani. Fotos feitas por Dani Sandrini e a participação de Mathevs Botelho, que tocou piano na "Horizon". Ricky Lucas tocou baixo na faixa "Horizon". Marco Slon, que auxiliou na pré-produção e Beto Lins baixo nas faixas "Ikebana", "Champagne" e "Void", além de ser co-produtor do álbum.


Links:

Linktree


Fonte: Hominis Diss