• Maria Correia

Daniel Fonseca anuncia show de estreia no Café Piu Piu em SP com participações especiais


Guitarrista prodígio, de 16 anos, marcou show solo com a banda que gravou o disco “Alienize” no dia 5 de outubro, quarta-feira, às 20h, em São Paulo

O guitarrista paulistano Daniel Fonseca, de 16 anos, anuncia show de estreia em São Paulo, no Café Piu Piu, a partir das 20h, com os músicos que gravaram o seu EP de estreia “Alienize”. Com mentoria de Kiko Loureiro (Megadeth), Fonseca apresenta música autoral com um time de primeira, formado pelo baixista Felipe Andreoli (Angra), o vocalista Leandro Caçoilo (Viper, Caravellus) e o baterista Alexandre Aposan (ex-Oficina G3). No show de São Paulo, Daniel irá contar com a ajuda do guitarrista Maurício Filho.


Os ingressos já estão disponíveis e à venda no site da Sympla.com.br.

Confira no link https://www.sympla.com.br/show-daniel-fonseca-alienize__1722935.


Sobre o show, Daniel Fonseca comenta: “Muito feliz por apresentar as músicas do Alienize pela primeira vez ao vivo e ainda mais com todo esse time de peso! Será um show incrível! Conto com a presença de todos!”


Ouça o EP “Alienize”: https://distrokid.com/hyperfollow/danielfonseca/alienize-2

Assista o vídeo de “Alienize”:

Assista “New Reality”:

Assista “Revelation”:

Assista “Fade Way”:

Assista “Not Forsaken”:

Com apenas 13 anos, Daniel Fonseca começou os estudos de guitarra e rapidamente teve a capacidade de aprender a tocar com técnica e velocidade, mas, o mais importante, de compor músicas prontas para serem gravadas. Ao entrar na mentoria de Kiko Loureiro, o jovem ganhou uma atenção extra pelo talento e a veia prodígia. “A pandemia proporcionou mais tempo para fazer o que eu gosto, que é tocar guitarra e compor. As aulas presenciais na escola deixavam menos tempo livre para isso e eu me aprofundei cada vez mais no instrumento”, disse Fonseca.


Com características musicais em diversas áreas, as principais influências de Daniel Fonseca são de Yngwie Malmsteen, Rainbow, Bach, Paganini, Zakk Wylde, Megadeth, Marty Friedman, Kiko Loureiro, Allan Holdsworth, Genesis, Dio, Deep Purple e Supertramp, entre outros.


Kiko Loureiro fala sobre Daniel Fonseca: “Conheci o Daniel Fonseca através da minha mentoria e ele me surpreendeu bastante. O curioso é que ele é um guitarrista novo, mas com influências de guitarristas dos anos setenta e oitenta e isso acaba sendo uma novidade para o mundo atual. O fato dele ter aprendido a tocar muito rapidamente me fez crer que ele tinha talento para compor. Com isso, ele demonstrou um foco muito importante”.


SERVIÇO:

Daniel Fonseca no Café Piu Piu

Quando: 5 de outubro

Horário: à partir das 20h

Endereço: R. Treze de Maio, 134 – Bela Vista, São Paulo – SP

Ingressos: https://www.sympla.com.br/show-daniel-fonseca-alienize__1722935


O EP ALIENIZE

Com produção assinada por Felipe Andreoli (Angra, Kiko Loureiro) e engenharia de som de João Millet, o trabalho de estreia de Daniel Fonseca pode ser considerado um álbum de Metal, com diversas influências, mas com o tema sobre invasão alienígena no Egito Antigo. O nome do EP é “Alienize”. Com arte de Chiaroscuro studios/Allan Jeff e Layout de Canuto Jonathan o tema da capa leva o nome do EP e traz todos os elementos de invasão alienígena e Egito Antigo.


Eu evoluí muito como músico, porque o Felipe Andreoli me ensinou muitas técnicas de composição e como fugir de clichês no desenvolvimento de minhas músicas. Especialmente para alguém ainda tão jovem como eu, vale sempre aprender com pessoas talentosas e experientes para avançar mais rapidamente e fugir de erros sem ter que cometê-los”, contou o guitarrista Daniel Fonseca.


Com cinco músicas, cada faixa de Alienize segue uma tendência do tema. “Not Forsaken” é uma música inspiradora, cuja mensagem é que o esforço e confiança em si mesmo te levam a alcançar o teu sonho. “Fade Away” é dedicada a avó de Daniel Fonseca, de quem era muito próximo, e também para as pessoas relacionarem a alguém que eles amam e perderam; “Revelation” é sobre o apocalipse, e o refrão representa o lamento de alguém que não foi bom e não está preparado para enfrentá-lo; “Alienize”, tema da capa que leva o nome do EP, trata de uma invasão alienígena no Egito Antigo e que serve como uma metáfora para a manipulação de grupos de pessoas; “New Reality” é uma reflexão sobre como as pessoas estão vivendo mais o mundo virtual do que o re al, acreditando que esse caminho ilusório, apesar de confortável, é o certo, mas somente se pode ser verdadeiramente feliz vivendo na realidade.


Inicialmente o EP “Alienize” seria um álbum instrumental, mas, ainda no início do trabalho, Daniel resolveu que seria importante contar com voz nas músicas. Para isso, o guitarrista recrutou o vocalista Leandro Caçoilo (Viper, Caravellus) para trazer um maior sentimento para a música, além de permitir contar uma estória para cada uma delas. As letras são de Daniel Fonseca e as linhas de voz são de Caçoilo.


Daniel Fonseca nas redes sociais:

Instagram – @dani_guitar_


Fonte: TRM Press