top of page
  • Foto do escritorMaria Correia

Dawn Turbo: discografia relançada com foco no peso hipnótico das guitarras



Tendo na bagagem os EP “Bright” (2018) e “Stop” (2021), assim como suas respectivas versões remixadas, “Fright” (2019) e “Halt” (2023), o projeto Dawn Turbo e seu idealizador Julian Barg continuam a incomodar o mundo com sua música caótica, enigmática e experimental, desta vez com uma nova abordagem de seus EPs prévios, agora denominados “Bright Naked” e “Stop Naked”.

 

Desde o começo, a ideia do Dawn Turbo foi mesclar o peso do industrial, os timbres lo-fi do eletrônico vintage ao experimentalismo, usando uma miríade de instrumentos digitais mesclados a vozes, guitarras e outros instrumentos “tradicionais”. Porém, nestes novos EPs o músico Julian Barg trouxe a proposta de uma sonoridade ainda caótica mas incomum onde saem as baterias, ficando primordialmente a sua voz, alguns teclados e programações e uma guitarra pesada, densa e que não se comporta dentro do padrão que se espera.

 

O material original teve algumas partes regravadas, com uma nova timbragem e também foi remixado e remasterizado, tudo pelas mãos do próprio Julian Barg. Já no aspecto lírico, ambos os EPs trazem questões relativas às experiências, confusões mentais e sofrimentos de quadros psiquiátricos, se mantendo na sonoridade única e perturbadora do Dawn Turbo, misturando o peso do Metal a atmosfera do Industrial.

 

Confira “Bright Naked” e “Stop Naked” em sua plataforma de streaming favorita:


Dawn Turbo é:

Julian Barg – Vocais, guitarras e efeitos

 

Contatos Dawn Turbo:

Instagram: @dawnturbo


Fonte: Lex Metalis

Comments


bottom of page