top of page
  • Foto do escritorMaria Correia

Em junho, festival Best of Blues and Rock chega a São Paulo - Joe Bonamassa, Eric gales, Di Ferrero, Zakk Wylde e CPM 22



Confirmadas as participações de Joe Bonamassa, Eric Gales, Di Ferrero e CPM 22

Zakk Wylde apresenta seu projeto Zakk Sabbath 

O festival terá também edições em Rio de Janeiro, Curitiba e Belo Horizonte

Nos dias 22 de junho, o maior festival que une Blues e Rock do Brasil acontece em São Paulo. Reconhecido pela qualidade de sua programação, o Best of Blues and Rock será na plateia externa do Auditório do Ibirapuera e traz em seu line up vários nomes consagrados: Joe Bonamassa, Eric Gales, Zakk Wylde, Di Ferrero e CPM 22. 


Idealizado e realizado pela Dançar Marketing, o Best of Blues and Rock chega à sua 11ª edição em 2024. 


Sobre Joe Bonamassa


O astro do blues-rock Joe Bonamassa é um dos músicos mais célebres da atualidade. Como artista 3 vezes indicado ao Grammy® e 13 vezes indicado ao Blues Music Award (4 vitórias), ele alcançou seu 27º álbum nº 1 na Billboard Blues Chart com seu mais recente álbum de estúdio, Blues Deluxe Vol. 2. Em seus 40 e poucos anos, Bonamassa se tornou uma lenda viva com um impressionante catálogo de vários gêneros. Ele lançou mais de 40 álbuns, incluindo gravações de estúdio e ao vivo, bem como álbuns colaborativos com seus projetos paralelos aventureiros: Black Country Communion e Rock Candy Funk Party. 


Um escritor prolífico que está sempre em busca de expandir seus horizontes musicais ecléticos, Bonamassa tem uma ética de trabalho ilimitada, seja em estúdio, na estrada ou trabalhando com outros artistas para estimular novas músicas. Nos últimos anos, ele produziu um imenso número de álbuns, incluindo Joanne Shaw Taylor, Marc Broussard, Larry McCray, Jimmy Hall e outros para seu selo independente KTBA Records, e também lançou recentemente Journeyman LLC, um serviço completo de gerenciamento de artistas, gravação gravadora, promoção de shows e empresa de marketing que conscientiza artistas independentes em todo o mundo. Os destaques recentes da produção incluem ‘Crown’, da lenda do blues Eric Gales, que foi indicado para “Melhor Álbum de Blues Contemporâneo” no 2023 Grammy® Awards. 


Bonamassa apareceu em diversas publicações da Esquire, WSJ e Parade to Rolling Stone e American Songwriter, bem como nas capas da Guitar World, Guitar Player, Vintage Guitar, Guitarist e Classic Rock Magazine. Possui uma organização sem fins lucrativos, a Keeping The Blues Alive, que fornece fundos e recursos para escolas e artistas necessitados. Até o momento, a organização arrecadou mais de 2,2 milhões em doações impactando positivamente mais de 100 mil estudantes. 


Sobre Eric Gales


Incendiário do blues, Eric Gales é um renomado guitarrista de blues com 30 anos de carreira e 18 álbuns lançados. Seu último trabalho, "Crown", lançado em 2022, reflete suas experiências pessoais, incluindo suas lutas contra o abuso de substâncias e reflexões sobre o racismo. Produzido por Joe Bonamassa e Josh Smith, o álbum apresenta 16 faixas destacando seu canto, composição e habilidades na guitarra. Inspirado pelo assassinato de George Floyd, Eric compartilha suas experiências como homem negro, tornando-se politicamente engajado e vulnerável em suas músicas. Sua história inclui uma parceria anterior com Joe Bonamassa, reavivada em 2019, ao se reconectarem, quando Joe o teria convidado para tocar em uma apresentação de blues cruise encore. Foi a primeira vez que ambos tocaram juntos, ao vivo, em 25 anos, e desde então foi considerado um dos duelos de guitarra mais explosivos de todos os tempos, acumulando mais de 3 milhões de reproduções no YouTube.  


“Sempre houve uma irmandade entre a gente. Quando nos reconectamos, Joe me disse: ‘Você é um guitarrista incrível. É a sua vez de se sentar à mesa para usar sua coroa’”, lembra Eric. Pouco depois de sua icônica jam, Eric abordou Joe para produzi-lo. “Choramos quando conversamos sobre isso. Joe disse 'você não tem ideia de quanto tempo eu esperei por você, agora vou fazer a minha parte para levantá-lo onde você deveria estar.'”"Crown" simboliza o reconhecimento e apoio merecidos por Eric após uma jornada marcada por desafios e redenção. 


Sobre Zakk Wylde


Zakk Wylde apresenta seu projeto Zakk Sabbath, um tributo à Black Sabbath. O músico é conhecido por integrar a banda de Ozzy Osbourne e também por formar o Black Label Society. Além de Zakk Wylde na guitarra e vocais, a banda é formada atualmente pelo baixista John "JD" DeServio (Black Label Society) e o baterista Joey Castillo (Danzig, Queens of the Stone Age) na bateria.  

Em 2024, a banda já excursionou pelos Estados Unidos, Canadá e Europa e, em junho, vem ao Brasil.


Recentemente lançaram o álbum "Doomed Forever Forever Doomed" estreando em primeiro lugar no ranking de Novos Artistas dos Estados Unidos. A energia contagiante do Zakk Sabbath é envolvente do início ao fim. Para os fãs do Black Sabbath, “Doomed Forever Forever Doomed” representa o ápice da banda, sendo, provavelmente, um dos melhores álbuns do tipo já produzidos.  


Zakk Wylde é considerado um dos principais guitarristas de sua geração, tendo sido eleito, inclusive, o melhor guitarrista do mundo em 2004 pela revista Guitar World. O legado de Wylde para o gênero ultrapassa as participações em bandas icônicas e criações musicais que já se tornaram clássicos, chegando a ter uma linha completa com quatro guitarras inspiradas em seu estilo, desenvolvidas pela sua marca preferida, a Gibson Les Paul. Um dos modelos mais populares da marca, com pintura em formato de alvo (Bulls-eye), foi criado especialmente para Wylde, inspirado no cartaz do filme Um Corpo Que Cai, de Alfred Hitchcock. 


Em 2022, Zakk Wylde iniciou uma turnê com Pantera, nos primeiros shows da banda em mais de 21 anos. Separados desde 2003, essa foi a primeira vez em que os membros fundadores Phil Anselmo (vocalista) e Rex Brown (baixista) retomaram as atividades em apresentações oficiais. Wylde assumiu o posto de Dimebag Darrell, guitarrista da formação original, e o baterista Charlie Benante (Anthrax) substituiu Vinnie Paul, irmão de Darrell e o primeiro dono das baquetas no grupo. 


Sobre Di Ferrero

Crédito da foto: Cesinha

Cantor e compositor, Di Ferrero respira música desde a infância. É conhecido desde 2004, por ser vocalista da banda de rock brasileira NX Zero. E em 2017 estreou sua carreira solo. Um ano depois lançou “Sentença”, que conta com um clipe que ultrapassa 1 milhão de visualizações. Na TV, Di foi jurado por 2 temporadas do The Voice Brasil, do X-Factor Brasil 2016 e foi especialista no Pop Star, da TV Globo, além de apresentar o The Voice Extras, no Canal Sony. Ganhou prêmios como “Melhor Cantor”, no prêmio Multishow de Música Brasileira, em 2011, e “Melhor Álbum de Rock Brasileiro” no Grammy Latino, em 2009.  

Acompanhando Di Ferrero nos palcos estarão Peracetta na bateria, Bruno Genz na guitarra e Johnny Bonafé no baixo.  


Sobre CPM 22

Crédito da foto: Willer Carvalho 

Formado em 1995, o CPM 22 (Caixa Postal Mil e Vinte e Dois) é influenciado pelo punk rock e hardcore, destacando-se por músicas rápidas, melódicas e letras cotidianas. Suas maiores influências vêm da cena pós-punk californiana dos anos 90. Após o lançamento de sua demo-tape em 1998, alcançou reconhecimento na mídia nacional e internacional. O álbum independente "A Alguns Quilômetros de Lugar Nenhum" chamou a atenção das gravadoras, levando a banda a assinar com a Arsenal Music em 2001. Seus álbuns subsequentes, como "CPM 22" (2001) e "Chegou a Hora de Recomeçar" (2002), alcançaram grande sucesso, vendendo milhares de cópias e rendendo hits como "Regina Let's Go" e "Desconfio". O álbum "Cidade Cinza" (2007) ganhou o Grammy Latino de Melhor Álbum de Rock Brasileiro. A banda também obteve sucesso internacional, realizando turnês em diversos países. 


Em 2020, celebraram 25 anos de carreira com a turnê "1/4 de Século" e iniciaram a produção de seu oitavo álbum de estúdio. Ao longo de sua trajetória, recebeu várias indicações e prêmios, incluindo prêmios no VMB e no Grammy Latino.

 

SERVIÇO

SÃO PAULO

Local: Plateia externa do Auditório do Ibirapuera (Av Pedro Álvares Cabral, S/N – Ibirapuera)

Data: Sábado-feira, 22 de junho de 2024

Horário: a partir das 14h (portas abrem às 12h00)

Line up: Di Ferrero, CPM 22, Eric Gales, Joe Bonamassa e Zakk Wylde

Ingressos: a partir de R$ 250,00 (meia-entrada)

 

Classificação: 16 anos (menores podem comparecer acompanhados de responsável legal).

Vendas online: Link ou na bilheteria na entrada dos locais, nos dias dos shows.

Importante: adquira seus ingressos na plataforma oficial. A Dançar Marketing e a Eventim não se responsabilizam por ingressos adquiridos em plataformas não oficiais de vendas. 

Realização: Dançar Marketing

 

Sobre o Best of Blues and Rock

O Best of Blues and Rock celebra sua décima primeira edição em 2024 com uma história marcante de conexão entre gêneros musicais como Blues, Rock e Jazz, e uma série de iniciativas culturais, tecnológicas, educacionais e inovadoras. Desde sua concepção pela Dançar Marketing em 2013, o festival se destaca pelo pioneirismo em promover esses estilos musicais, reunindo uma audiência superior a 1,5 milhão de pessoas em mais de 320 atividades. 


Muito além do entretenimento, o festival é um verdadeiro resgate do legado cultural e das raízes do blues e rock, gêneros que não apenas transformaram a música, mas também influenciaram outras formas artísticas como Jazz, Pop, Hip Hop, Rock e R&B. 


Na última década já passaram pelo palco do festival artistas icônicos e referências globais como Buddy Guy, George Benson, Richie Sambora, Joe Satriani, Jamie Cullum, Jimmie Vaughan, Tom Morello, Steve Vai, Joe Perry, Zakk Wylde, Charlie Musselwhite, Keb’Mo’, Ben Harper, Extreme, Goo Goo Dolls, Kenny Wayne Shepherd, entre outros; e artistas nacionais como Andreas Kisser, Irmandade do Blues, Igor Prado, Ira!, Artur Menezes, Ari Borger, Di Ferrero, Vitor Kley, Nanda Moura, Malvada, Day Limns, Cacá Magalhães, Francisco, el Hombre, Orquestra Jazz Sinfônica, Yohan Kisser, Lan Lanh e outros. 

O Best of Blues and Rock é um símbolo de celebração da música, que proporciona momentos memoráveis e exalta a diversidade e a riqueza cultural desses gêneros.

 

Sobre a Dançar Marketing

Fundada em 1982, a Dançar Marketing cria experiências memoráveis por meio da cultura e do entretenimento. São mais de 40 anos concebendo projetos e soluções criativas que conectam pessoas, marcas e oportunidades, reunindo ao longo dos anos mais de 50 milhões de pessoas em seus 1.500 eventos (dos quais mil gratuitos), 160 shows open air, além de mais de 35 projetos proprietários e sociais como o AstraZeneca Viva a Cultura!, Avon Women in Concert, Big Bands, Cantos e Contos, Cine na Praça Cosipa, Circuito Musical, Clássicos Internacionais, Concertos Instrumentais, Concertos Populares, Criação Teatral Volkswagen, Concertos Regionais de Vinólia, Festival da Padroeira, Jazz para Todos, Laboratório Cultural Ultra, Mostra Música Instrumental, Noites Clássicas, Noites do Jazz, Orquestra para Todos, Palco do Teatro, Performance Action, Primavera Musical no Vale, Viagem Nestlé pela Literatura, entre outros; exposições como Riachuelo Mostra Moda e Samsung Rock Exhibition (com acervo de Jimi Hendrix, Nirvana e Rita Lee em suas últimas edições) e festivais como Telefônica Open Jazz, Festival da Padroeira, eFestival e Best of Blues and Rock. Em seu portfólio estão grandes turnês internacionais e shows de artistas icônicos como Andrea Bocelli, Luciano Pavarotti, José Carreras, Sarah Brightman, Kiri Te Kanawa, Chris Cornell, George Benson, Joss Stone, Norah Jones, Diana Krall, além de consultorias em leis de incentivo para empresas como Vale, Deloitte, Libbs, Volkswagen, Nestlé, Roche, Ambev, entre outras.

Fonte: FleishmanHillard

Comments


bottom of page