top of page
  • Foto do escritorMaria Correia

Freak Mars lança videoclipe de “Unbelievable” e reflete sobre isolamento na pandemia


Banda da cidade de Londrina (PR) tem como proposta oferecer experiência sonora e visual temática e tem chamado atenção na cena local com ideia de resgatar sonoridade do rock anos 1980

A banda paranaense FreakMars lançou nesse sábado, 11 de fevereiro, o videoclipe do mais novo single “Unbelievable”. Com influências do hard rock dos anos 1980 e apostando na riqueza dos elementos visuais, a música reflete sobre o isolamento causado pela pandemia de covid-19 e o tão aguardado reencontro das pessoas após esse período.


Confira o videoclipe de “Unbelievable” aqui:

Unbelievable” marca o segundo lançamento do Freak Mars, que em 2021 fez sua estreia com a animada “We Just Can’t Get Along”. Para essa nova produção, a banda da cidade de Londrina contou com o parceiro de composição Carlos Balaçara e o resultado é um hard rock com riffs marcantes.


De acordo com o vocalista Caio Bonifácio, a letra do novo single tem como pano de fundo justamente esse sentimento positivo de voltar às atividades e à rotina normal após o confinamento causado pelo coronavírus.


"Estamos muito orgulhosos do lançamento de mais um videoclipe. Desde que a banda começou, em 2019, a ideia sempre foi proporcionar uma experiência sonora e visual temática aos nossos fãs, com figurinos, cenários e tudo mais. 'Unbelievable' segue nessa linha e todos estão de parabéns. Conseguimos transmitir nossa mensagem de superação nesse período conturbado", comemorou o vocalista Caio Bonifácio.


Emergindo da rica cena do rock do Paraná, que conta com bandas como Electric Mob e Landfall, a Freak Mars é formada por Caio Bonifácio (voz), Wander Lourenço (guitarra), André Melo (baixo) e Thales Lourenço (bateria).


A ficha técnica do single “Unbelievable” conta com gravação e mixagem de Wander Lourenço e masterização de por Alexandre Bressas (3em1 Estúdio). Já o videoclipe tem produção, edição e direção de André Melow e Wiu Lopes.


Redes:


Fonte: The Bridge Press

bottom of page