top of page
  • Foto do escritorMaria Correia

IMAGO MORTIS lança "álbum silencioso" para comemorar a hilária biografia da banda



Janeiro de 2024 começou com JÚBILO!, o “álbum silencioso” do Imago Mortis. O lançamento da Natesha Editora celebra a boa receptividade do livro físico “DIÁRIO DE UM IMAGO: contos e causos de uma banda underground”, de Fabio Shiva, que conta com muito humor a história da banda Imago Mortis. O projeto inicial era lançar o EP JÚBILO! em 2020, marcando o jubileu de prata (25 anos) da banda, fundada em 1995. Por conta da pandemia do coronavírus, contudo, as músicas compostas para o álbum nunca chegaram a ser gravadas. O recente lançamento do livro físico da biografia do Imago Mortis, após duas bem-sucedidas edições em e-book, motivou o autor e letrista Fabio Shiva a compartilhar o álbum nesse formato de “sombra de canções”, apenas com as letras. “Acho que pode ser uma experiência diferente, que vale ser vivida: ler as letras tentando imaginar que tipo de música elas dariam”, comenta Fabio.

 

O álbum JÚBILO! foi disponibilizado gratuitamente em formato PDF no link abaixo:



 E acaba de ser lançada a edição em papel de “DIÁRIO DE UM IMAGO: contos e causos de uma banda underground”, agora com a impactante capa e as ilustrações feitas pelo artista transmídia Edgar Franco, o Ciberpajé. O livro físico é um lançamento da Natesha Editora.


SINOPSE:

Cinco amigos decidem montar uma banda de rock pesado em busca de fama, garotas e diversão. E acabam se metendo em aventuras bizarras e situações hilariantes, enquanto tentam fazer a música mais triste do mundo, capaz de fazer uma pessoa querer se matar. Em meio às céleres e profundas transformações de nossos tempos, a morte continua sendo a única certeza, que nos possibilita compreender melhor o grande mistério da vida. Do autor de “O Sincronicídio” e “Favela Gótica”, uma narrativa corajosa e surpreendente sobre a descoberta de si mesmo e o valor da amizade, inspirada na história real da banda Imago Mortis.


O humor é a tônica da narrativa, como o próprio título do livro já sugere ao parodiar “Diário de um Mago”, um dos maiores sucessos de Paulo Coelho. O autor Fabio Shiva explica:

A banda Imago Mortis teve uma trajetória muito bonita no cenário do rock pesado brasileiro. Eu participei da banda de 1995 a 2003, desde a sua fundação até o lançamento do segundo CD, a ópera rock “VIDA: The Play of Change”, considerado um dos melhores álbuns de heavy metal produzidos no Brasil. Depois que publiquei o meu primeiro romance, os amigos ficavam me cobrando contar a história da banda em um livro. Até que, em 2019, resolvi topar o desafio. Contudo estava muito claro para mim que eu não queria escrever uma biografia tradicional, contando feitos heroicos etc. Minha motivação foi escrever um livro divertido e interessante mesmo para pessoas que nunca ouviram falar do Imago Mortis, ou mesmo que nem gostam de rock. Acredito que essa é a grande magia da Literatura, esse poder de nos fazer vivenciar situações e eventos completamente fora de nossa experiência pessoal. Então essa foi a proposta básica: fazer o leitor “sentir na pele” como era fazer parte de uma banda underground no Brasil durante a década de 1990. E essa é uma história que envolve necessariamente muita tosqueira e bizarrice, o que acabou resultando em um livro muito engraçado – ao contrário do que se poderia esperar de uma banda cujo nome significa “Imagem da Morte”! Um outro ganho muito legal que tive com esse livro foi poder refletir sobre as intensas transformações tecnológicas que o mundo viveu nas últimas décadas, e sobre como isso vem afetando as pessoas.


DIÁRIO DE UM IMAGO: contos e causos de uma banda underground” está à venda nas livrarias, mas também pode ser adquirido diretamente com a editora (contatos pelo e-mail:  editoranatesha@gmail.com). E o e-book, agora em sua 3ª edição, está disponível na Amazon AQUI



Mas as comemorações não param por aí! Fabio Shiva está celebrando também os dez anos da publicação de seu primeiro livro, o romance policial “O SINCRONICÍDIO: sexo, morte & revelações transcendentais”, cuja versão em PDF está sendo disponibilizada gratuitamente:

 

 

O livro chama atenção pela originalidade da trama, que mistura xadrez e I Ching. Suspense, erotismo e filosofia em uma narrativa instigante que desafia o leitor a cada passo. Uma história contada de forma extremamente inovadora, como um Passeio do Cavalo (clássico problema de xadrez) pelos 64 hexagramas do I Ching, o Livro das Mutações. Um romance de muitas possibilidades.


Acompanhe:


Fonte: Redação (Fábio Shiva)

 

bottom of page