• JP Carvalho

Rita Galoni e o Lírio do Heavy Metal

Com lançamento previsto para o dia 24 de outubro, o livro “O Lírio do Heavy Metal, uma biografia de K.K. Downing" é o primeiro da escritora Rita Galoni, com quem tivemos um bate papo que você confere a seguir.


Metal no Papel: Para começar nos conte como está sendo a aceitação do "O Lírio do Heavy Metal" até agora.

Rita Galoni: Olá! Sinceramente está surpreendente, decidi fazer a entrevista de um guitarrista. o K.K., que não tem seu nome divulgado independente, apenas como guitarrista do Judas Priest. Estou feliz demais e surpresa! Para mim ele sempre foi e será o melhor, mas realmente não imaginava que o cara era tão querido. Estou tendo a oportunidade de contar o que muitos que não acompanham a banda, que ele é um dos principais fundadores. Bom demais!

MNP: Você escreveu "O Lírio do Heavy Metal" há 12 anos, por que demorou tanto para a publicação?

Rita: Eu tive diversas dificuldades, como registrar meu nome na biblioteca nacional como escritora, alguns problemas com direitos autorais, não pelo K.K., mas pelo Halford, motivos financeiros, eu quase desisti. Mas numa conversa com K.K. a anos atrás ele me disse, mete as caras e manda ver. Mas depois eu tive cinco perdas na família isso abalou meus projetos sobre o livro, mas nunca parei de escrever, hoje reconhecida como escritora vou colocar tudo em prática e essa história do K.K. Downing continua porque ele está na ativa, mas é um projeto para 2021 , vou deslanchar os que estão parados para 2021 e durante isso colher mais informações sobre o Kenny.

MNP: Sabemos que a tecnologia era um tanto diferente e limitada há 12 anos, principalmente na questão dos acessos a informações. Como você otimizou as suas pesquisas sobre o tema?

Rita: Realmente foi muito difícil, eu carregava um fichário todos os dias, durante dois anos, visitas na lanhouse direto e minha irmã imprimia imagens no trabalho dela porque no meu não tinha acesso. Tive muito apoio do site do K.K. e alguns e-mails que recebia dele mesmo.

MNP: Sua abordagem remete a infância, a adolescência e a vida adulta, onde K. K. Downing já estava com a carreira consolidada no Judas Priest. Você tem a intenção de escrever sobre a fase pós 2004?

Rita: Isso, exatamente, falo da infância até as turnês, sobre a saída de Rob Halford e encerro essa primeira parte na volta do Halford, mas a continuação não será sobre Judas e sim sobre o K.K. Downing.


MNP: Fale mais sobre essa continuação.

Rita: Minha intenção é continuar a colher informações após julho de 2021, já tenho algum material guardado mas tem muitas novidades se intensificando principalmente o novo projeto.

MNP: Sabemos que você teve o apoio do K.K. Downing para o primeiro livro, como ele recebeu a ideia de uma continuação?

Rita: No backstage, eu disse que faria uma continuação (risos), ele só respondeu: Você gosta mesmo de mim, né moça? E deu risada, com agradecimento. E disse: Sigamos então.

MNP: E os seus outros projetos, fale-nos sobre eles.

Rita: Oficialmente estou criando uma história gótica tipo Tim Burton, minha história particularmente, eu estou apaixonada, mas parei no momento para trabalhar a divulgação do "O Lírio do Heavy Metal", apesar de estar nas principais plataformas Submarino, Americanas e Amazon, a minha preferência é que sejam comprados de mim, envio para todo Brasil, após depósito. E ainda sobre esse novo projeto para 2021 será com desenhos e figuras inéditas, vai ficar lindo!

MNP: Muito obrigado pela entrevista, o espaço agora é seu para suas considerações e para deixar uma mensagem aos nossos leitores.

Rita: Eu quero de verdade agradecer a oportunidade e apoio do Metal no Papel, eu simplesmente adorei essa entrevista e a sua paciência comigo.

Eu realmente não esperava essa repercussão de um trabalho que quase desisti de publicar. Mas tudo tem seu momento certo, perdi minha irmã, meu pai e agora minha mãe que tanto cuidei nessa pandemia e quando ela soube que os livros estavam chegando, na última noite de paz dela ela me disse: Vou dormir em paz, tenho uma filha escritora. E essa será minha profissão e dedicação.

Convido a todos a lerem "O Lírio do Heavy Metal, biografia do K.K. Downing" porque me preocupei em fazer uma biografia curta, para incentivar todos a lerem até o final. E peço opiniões e fotos com meu livro para meus leitores, desejo uma boa viagem nessa história que me dediquei com todas as dificuldades da época e com todo meu amor.

Quero agradecer a Editora Djinn que me deu essa oportunidade, ao amigo que me incentivou muito Cláudio Magalhães e ao Oscar Luís que me incentivou a me jogar nessa aventura lá de Miami. Só gratidão a todo incentivo que recebi dos amigos.

Obrigada Metal no Papel

Vida longa ao Heavy Metal, beijos a todos, nos vemos lá no Lírio.

Obrigada!



As opiniões expressas nesse site são de responsabilidade de seus autores e não expressam necessariamente a opinião de seus editores.

Site criado por JP Carvalho da JPGraphix, para Metal No Papel 2017 / 2020 - Todos os direitos reservados.

O site Metal no Papel tem sede à Rua Joaquim do Lago, 339 Casa - Balneário Mar Paulista, São Paulo, SP

CEP: 04463 - 080 - mnp.metalnopapel@gmail.com