top of page
  • Foto do escritorMaria Correia

Teatro de Estrelas: Marcus Marques mistura brasilidade, soft rock e música progressiva em Debut


Imagem divulgação por Carlos Dutra Bergling

O cantor e compositor Marcus Marques acaba de lançar o seu álbum de estreia. O trabalho é intitulado Teatro de Estrelas e é composto por seis faixas. Ao decorrer da obra, o cantor frisa o sentimentalismo enquanto traz nuances de soft rock, MPB, jazz e rock progressivo.


O repertório conta duas inéditas: a faixa-título Teatro de Estrelas e a canção They Are Among Us. Esta última, inclusive, ainda obtém uma versão intimista e instrumental incluída no setlist. Os singles Você E Eu, Foi Um Sonho, Lá no Cipó também integram o álbum.


O material foi registrado na capital paulista, com sessões de gravação nos estúdios Space Blues, Buena Familia Sounds e Trama Nacena.


Tanto a produção quanto os arranjos são assinados por Danilo Santana. A mixagem, por sua vez, foi realizada por Pepê Monnerat e Luís Paulo Serafim “LP”. Já a masterização ficou a cargo de Maurício Gargel. Segundo Marcus, explica o título do álbum Teatro de Estrelas.


“É um disco que aborda o universo e o oferece a quem amamos. Por isso, escolhi este nome. Também sinto que ele dialoga com a música dos anos 70 e com a brasilidade de artistas mineiros e gaúchos que admiro. Concebi este trabalho visando uma estética específica, que retrata a sinergia entre os arranjos e a mensagem de cada canção”.

Arte da capa por Martin Soubiate

Durante o período de gravação, Marcus Marques contou com uma série de músicos de apoio. Tais como Kuki Stolarski (bateria), Adriano Trindade (bateria). Fernando Nunes (baixo), Ricardo Vignini - (viola), Federico Puppi (cello), Toninho Ferragutti (acordeão), entre outros.


VERMELL PRESS

Instagram: @vermellpress

Fonte: Vermell Press

Comments


bottom of page