top of page
  • Foto do escritorMaria Correia

THUNDER FORCE, nome emergente do Metal nacional, lança o álbum “The Game Has Begun”


Créditos da foto: Márcio Baltazar

Já está disponível em todas as plataformas digitais o álbum de estreia da banda gaúcha THUNDER FORCE, intitulado “The Game Has Begun”. Composto de oito faixas, o trabalho ratifica a qualidade que o grupo vinha apresentado em seus mais recentes singles e lançamentos em formato de vídeo clipe e lyric vídeo. Gravado por Cristian Dal Solio no Fabrica Sonora Studio e mixado e masterizado pelo renomado produtor Adair Daufembach, o álbum traz um Heavy Metal pesado, técnico e poderoso, englobando as mais diversas influências da banda, do Progressivo ao Thrash Metal, mas calçado no Heavy Metal com nuances de Power Metal. Com capa criada por Carlos Fides, “The Game Has Begun” traz uma temática variada, com letras que abordam conceitos de estratégia, um personagem da Segunda Guerra Mundial e até mesmo a força destrutiva do amor. Tudo isso embalado no mais portentoso e inspirado Heavy Metal.

 

Márcio Oliveira (vocal), Leonardo Fernandes (guitarra), Marlon Martins (guitarra) Raul Giacomin (baixo) e Gabriel Brunelli (bateria) declaram: “Lançar “The Game Has Begun” é concretizar um sonho iniciado há muito tempo, onde tínhamos em mente todo um conceito de como o álbum deveria soar e o que traríamos de mensagens em nossas letras. Cada uma destas faixas foi trabalhada à exaustão e nos mínimos detalhes, trazendo uma soma de nossas influências que na equação final resulta nesta sonoridade tão única que é o som do Thunder Force! Esperamos que todos apreciem o álbum assim como nós ficamos contentes em apresentá-lo. Boa audição a todos!”.


O álbum tem início com a faixa-título, cuja letra descreve um conceito que se assemelha a um jogo estratégico ou a uma metáfora da vida, onde o protagonista se preparou ao longo dos anos para enfrentar desafios. A letra destaca a importância da estratégia, da adaptação e da capacidade de reconhecer oportunidades na vida. “Soulbreaker”, lançada anteriormente no formato de single e vídeo clipe, aborda um tema sombrio, sugerindo a presença de uma força destrutiva chamada "Quebrador de Almas". Essa entidade é descrita como rápida e precisa, capaz de penetrar profundamente na alma, causando decisões erradas e cegueira espiritual. Na sequência, “No Scape” fala sobre a efemeridade da vida, a inevitabilidade das escolhas e o peso das consequências. Destaca que mesmo escolhendo corretamente, ainda é necessário enfrentar as consequências dos erros do passado. A quarta faixa, “Stranger Calling My Name”, é uma das músicas mais antigas presentes no álbum, lançada originalmente como single em 2010, abordaa sensação de conexão profunda com alguém que não é totalmente compreendida. Há uma busca por algo invisível, uma comunicação entre duas mentes que estão ligadas por um destino comum. A ideia de dois caminhos, dois irmãos, duas vidas com uma esperança compartilhada, sugere uma ligação significativa entre as pessoas.

 

“Five Hundred Days”, lançada anteriormente como single e em formato de lyric vídeo, traz um tema mais agressivo, baseado na minissérie “The Liberator”, ambientada durante a Segunda Guerra Mundial e segue a história verídica do oficial do Exército dos Estados Unidos, Felix L. Sparks, e sua unidade, a 157º Regimento de Infantaria da 45ª Divisão de Infantaria. A sexta faixa, “Wolf Under The Sea” aborda a ideia de uma ameaça oculta ou perigo que reside nas profundezas do mar. O "Lobo Sob o Mar" é descrito como invisível e silencioso, caçando nas profundezas. A metáfora do lobo perseguindo ovelhas sugere um predador oculto que as vítimas, neste caso, o mundo, não percebem. “Stealth Supressor”, penúltima faixa, fala sobre a sedução por algo obscuro, personificado pelas "palavras doces" e pela promessa de paraíso. A letra explora temas como pecado, julgamento e justiça divina, enquanto o narrador proclama a liberdade de seus medos e a conquista da paz e fé. Por fim, “Fallen Memories” descreve as memórias de alguém que testemunhou cenas traumáticas em campos de batalha. O narrador lembra-se vividamente dos horrores da guerra, das pessoas sofrendo e do sangue derramado. A ênfase nas "memórias caídas" destaca a persistência dos impactos emocionais dessas experiências, mesmo quando o tempo passa.

 

O vídeo clipe de épica “Soulbreaker” recebeu reacts do canal de “cortes” do Heavy Talk e nas redes sociais do OCARADOMETAL, recebendo efusivos elogios.

 



Track list do álbum:

01 – The Game Has Begun

02 – Soulbreaker

03 – No Scape

04 – Stranger Calling My Name

05 – Five Hundred Days

06 – Wolf Under the Sea

07 – Stealth Supressor

08 – Fallen Memories

 

Assista ao react de “Soulbreaker” do canal Heavy Talk AQUI


Assista ao vídeo clipe de “Soulbreaker”:


Assista ao lyric vídeo de “Five Hundred Days”:


Ouça “The Game Has Begun” no Spotify:

 

Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br


Fonte: Wargods Press

 

Yorumlar


bottom of page