top of page
  • Foto do escritorMaria Correia

Uma declaração de Roger Waters sobre sobre sua última turnê


Roger Waters responde aos questionamentos

sobre seu show e seus posicionamentos políticos

Após surgirem questionamentos de diferentes grupos sobre sua última turnê, que traz elementos utilizados no Pink Floyd nos anos 80, e sobre seus posicionamentos políticos, o músico Roger Waters divulgou em suas redes sociais o seguinte statement:


Uma declaração de Roger Waters sobre a controvérsia sobre seu concerto em Berlim


Minha recente apresentação em Berlim recebeu ataques de má-fé daqueles que querem me caluniar e me silenciar porque discordam de minhas opiniões políticas e princípios morais.


Os elementos de minha performance que foram questionados são claramente uma declaração em oposição ao fascismo, a injustiça e ao fanatismo em todas as suas formas. As tentativas de retratar esses elementos como algo diferente são dissimuladas e politicamente motivadas. A representação de um demagogo fascista desequilibrado tem sido uma característica dos meus shows desde “The Wall”, do Pink Floyd, em 1980.


Passei minha vida inteira falando contra o autoritarismo e a opressão onde quer que os veja. Quando eu era criança, depois da guerra, o nome de Anne Frank era frequentemente falado em nossa casa - ela se tornou uma lembrança permanente do que acontece quando o fascismo não é controlado. Meus pais lutaram contra os nazistas na Segunda Guerra Mundial, com meu pai pagando o preço final.


Independente das consequências dos ataques contra mim, continuarei a condenar a injustiça e todos aqueles que a cometem.


Fonte:FleishmanHillard

Comments


bottom of page