• Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Google+ Icon
  • Grey YouTube Icon

          Site criado por Ygor Nogueira, da Noguer Art Design, para Metal No Papel. 2017 Todos os direitos reservados.

Metal no Papel é um novo projeto desenvolvido recentemente com o único intuito de propagar o Metal e suas vertentes sem degradação e, sim, de alguma forma trazer o devido apoio às bandas brasileiras, contemplando as notícias e informações pertinentes ao público devido.

 
Seus colaboradores e idealizadores estão sempre presentes, na ativa, para proporcionar aos leitores, bandas e também àqueles que, mesmo em meio as adversidades, trilham um caminho árduo em produções de eventos, enriquecendo nossa cultura, para que o METAL não perca sua essência.

 

Bem vindos ao Metal no Papel!

Chaos Synopsis: projeto música extrema no palco do Sesc Belenzinho/SP

November 16, 2017

 

Live evil – 23/09/16

Texto & Fotos: André Santos

Filmagens: Maria Correira

 

Com algumas coberturas realizadas pelo nosso blogger, as vezes nos deparamos com diversas estruturas, por sua vez precarias ou mesmo excelentes, mais não nos cabe a julgar ou mesmo falar mal, pois esses “Pubs” de alguma forma estão a disposição em propragar, divulgar e apoiar a cena Metal nacional. E único intuido do nosso trabalho é trazer uma narrativa do que vermos em referente aos trabalhos e projetos das bandas envolvidas no “Fest”, e trazer alguma informação aos leitores que por alguma ventura não pode estar presente no mesmo.

Pois nós já tivemos a honra e privilégio de acompanhar algumas apresentação dessa banda representante do Metal extremo nacional, e a grande cereja do bolo (se podemos dizer assim), uma banda de porte como Chaos Synopsis, usufruir de uma estrutura como a do Sesc Belenzinho, quem conhece sabe do que estou dizendo. Com o apoio do projeto “Música Extrema” realizado pela instituição mencionado acima e com o apoio de Silvana Paula (Sil), o quarteto de São José dos Campos/SP, chegam aqui na capital de São Paulo para apresentar seu repertório devastador aos Metalbangers paulistas.

 

Com pouco mais de dez anos de trajetótia o Chaos Synopsis, chega mais uma vez a Sampa agora para se apresentar no Sesc Belenzinho. Então por volta das 21h30min, seus músicos Friggi Mad Beats (Bateria), Luiz Ferrari (Guitarra), Diego Santos (Guitarra) e Jairo Vaz (Baixo e Vocal), se fazem presentes ao palco, muito ovacionado e sem perder muito tempo o quarteto já iniciam seu bloco de canções, e a festividade vem a cargo de “Burn Like Hell”, uma pedrada sonora socando nossos ouvidos, carregados de riffs cortantes e Best beats insanos de ‘Friggi’.

Com a noite somente se iniciando no palco do (Sesc), a banda Chaos Synopsis emenda mais uma canção “Gods Upon Manking” mais uma insanidade vinda do full-lenght (Seasons of Red -2015)e uma composição baseada em (Deuses Egipcios) pertecente ao seu último e recente vídeo – clipe. Mais a trinca da noite fica cargo de outra porrda sonora, falo de “Sarcastic Devotion”, onde as dupla de Guitarmans ‘Luiz’ e ‘Diego’ executavam riffs cerrados e cozinha pesadíssima de ‘Friggi’ (Batera) e ‘Jairo’ (Baixo e Vocal) se encarregavam de dar o peso nessa devastação interpretada no palco do (Sesc).

Ao fim da tinca o frontman ‘Jairo’ encontra um momento para tomar folêgo e aproveita para agradecer a galera presente e o pessoal do (Woslom e Warsckiness).  E dando continuidade na apresentação agora com o segundo bloco, Jairo: “Vamos levar uma música do 2º álbum (Art of killing – 2013), que trata de um serial killer que até hoje não foi descoberto no país USA”...”Zodiac”, é mais uma vez executada pelas cordas cerradas da dupla de Guitarmans, que vão dando o gás incandescente a composição com o frontman interpretando de forma insana a composição, e logo atrás no piso um pouco mais elevado o Drumen ‘Friggi’ descia a mão em seu kit chamuscados.

 

Ao fim dessa apresentação  o quarteto foge um pouco do convencional de seu (SetList), depois de três anos o Chaos Synopsis, executa ao palco do (Sesc) uma composição chamada de “Postwar Madnnes” de seu primeiro EP de 2009 que carregada três canções. E seguindo a linha do fora do convencional o quarteto da inicio a música “Serpent of the Nile” que pertence ao (Split, Intoxicuntus  – 2016), lançado ao lado da banda “Terrodome”. Interpretação da mesma recheada de muito peso consistente, entre horas a dupla Guitarmans ‘Luiz’ e “Diego” duelavam solos alucinantes.

 

Ao fim desse bloco que foge um pouco do costume do quarteto, os mesmo retornam ao “Set” ao que estamos acustumados acompanhar em alguns eventos que a banda se apresenta, onde o ‘Jairo’ anuncia a próxima canção “Like A Thousand Suns” outra muquetada no pé da orelha, de seu último full-lenght. Jairo: “Vamos levar mais uma Rock’n Roll, vamos dançar agitar e bangear, mais um serial killer...,”B.T.K” (Bind Torture Kill), com todo gás que banda extrai de seus intrumentos o Srº ‘ Friggi’ realizava ótimos Best Beats insanos em seu intrumento.

No momento da pausa da apresentação o ‘Jairo’ através do quarteto agradece a Silvana (Sil), palavras do frontman:  “ Ela merece porque ela faz isso virar aqui no Sesc, pois é um espaço diferenciado para as bandas Undergrounds , e agradecer nosso amigo ‘Pedrão’ que está fazendo o papel de Roadie, ‘Felipe’ nosso fotógrafo  e ao Eraldo Cobra fazendo o som, muito obrigado!” Agora vamos tocar um som, que faz uma porrada de anos que não tocamos, e vamos seguir a noite com a música “Chaos Synopsis” , pertencente a sua primeira demo intitulada (Garden of Forgetten Shadows – 2006).

 

Com o fim dessa apresentação mencionada acima o quarteto do interior paulista segue a noite com um pequeno solo de batera executado por ‘Friggi’, que logo vem acompanhado de um pequeno recitamento de Jairo: “Febronio índio do Brasil/ Homem como a sociedade nunca viu/ Espalhando sua mensagem com sexo, sangue e tatuagem” assim os riffs cerrados e cortantes de “Son of Light”, são despejados em nosso tímpanos com muita violência, horas a composição caminha entre nossa língua pátria e o inglês que da um “Up” bem irado a canção.

Mais infelizmente o cromograma da instituição do (sesc) está se aproximando ao términio, com isso a banda Chaos Synopsis caminha para o final de sua prestação deixando duas pedradas, sendo elas “ Roston Ripper” uma composição regada a mais um serial killer Russo, pois essa música está presente no full-lenght, trata –se  dessa tematica (Art of Killing), lançado em 2013. E ao encerramento da festividade fica a cargo de “Spiritual Cancer”, presente na Demo  lançada em 2006 que carrega o titulo de (Garden of Forgotten Shadows).

 

Ressalvas:  Parabéns a banda Chaos Synopsis por esses pouco mais de 10 anos, destrinchando  as fronteiras do Metal nacional, e pela apresentação emblemática realizada na instituição do Sesc Belenzinho, e a Silvana Paula pelo apoio e oportunidade e incentivo em difundir a Música pesada e extrema ,na instrutura impecável do Sesc Belenzinho. PARABÉNS aos envolvidos!!

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Entrevistas Recentes

November 10, 2018

Please reload

Resenhas Recentes
Please reload