• Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Google+ Icon
  • Grey YouTube Icon

          Site criado por Ygor Nogueira, da Noguer Art Design, para Metal No Papel. 2017 Todos os direitos reservados.

Metal no Papel é um novo projeto desenvolvido recentemente com o único intuito de propagar o Metal e suas vertentes sem degradação e, sim, de alguma forma trazer o devido apoio às bandas brasileiras, contemplando as notícias e informações pertinentes ao público devido.

 
Seus colaboradores e idealizadores estão sempre presentes, na ativa, para proporcionar aos leitores, bandas e também àqueles que, mesmo em meio as adversidades, trilham um caminho árduo em produções de eventos, enriquecendo nossa cultura, para que o METAL não perca sua essência.

 

Bem vindos ao Metal no Papel!

SUFFOCATION OF SOUL - “Macabre Sentence”

July 30, 2018

Nacional

Lançamento - 2018

Selos: Abc Terror, Inffernus Prof; Caótica Discos, Violent Rec; A Fronteira Prod; Brurn Rec; The Metal Vox, Resistência Underground, Headcrusher Prod; Psicose Rec; Paracusia Distro, Holy Terror Rec.

 

Como sempre venho dizendo, com alguns materiais em mãos de diversos lugares, principalmente quando tenho algo que seja representante do Nordeste, levanto em dizer que o Metal desses estados nordestinos, sempre tem algo novo e bem interessante a apresentar, o que leva muito a fortalecer as vertentes agregadas dentro do Metal e do próprio Rock’N Roll.

 

E entre eles, estão os baianos do SUFFOCATION OF SOUL, que já segue com seu nome carimbado no Underground Nacional, e, estão com um pouco mais de dez anos de carreira. Desde então a banda só vem somando ótimas experiências e unido a isso um amadurecimento sonoro de cair o queixo. Por mais que a banda tenha sua influências musicais, o grupo apresenta um som próprio com suas características, elaborando um Thrash Metal vigoroso, com sua própria personalidade.

 

E a prova presente está aí disponível em mais um trabalho lançado pela banda, o EP “Macabre Sentence”, e, por mais que o “Petardo” destile um Thrash Metal à moda antiga, é cheio de energia e agressividade, moldados a boas doses de melodias, já que a banda se utiliza de um timbre bem bacana, o que trás uma certa crueza, que é algo espontâneo (não confundam com algo negativo), faz parte de sua música. Já que o próprio Breno Fernandes, produtor do álbum junto à banda, teve a preocupação na hora da mixagem e masterização, deixar esse lado bem evidente, buscando algo mais próximo possível do ao vivo, e, claro, que tudo soe de forma nítida.

 

Já a arte desenvolvida por Fernando (JFL), por mais que seja simples, ela representa toda a agressividade do grupo. Para o encarte, ficou a mão de Marlon Pacheco (batera da banda)

Macabre Sentence” apresenta seis faixas musicais, cheias de mudanças rítmicas e arranjos de primeira, tudo aliado a uma boa técnica musical, apresentando um Thrash Metal encorpado. O disco abre com uma pequena Intro (Danse Macabre - Camille Saint-Saëns 1875), logo dando sequência na tesuda faixa “Crimes Behind The Influence”, já aqui o quarteto demonstra sua experiência, agressividade e energia são absurdas, fora o comportamento da música, onde a rítmica do andamento mudam de forma alucinante (destaque para o trabalho da cozinha, baixo bateria se sobressaem).

 

Se a primeira faixa te ganha na audição, a segunda faixa “Lifeinvader”, é um verdadeiro “ Thrashao” encorpado. Os riffs são destruidores e solos muito bem encaixados (se destaca pela dinâmica). Outra paulada presente no Ep, é a faixa “We Live In Pandemonium”, onde os acordes elaborados pelas “guitas” são velozes, com certas influências do tradicional Heavy Metal, ainda tendo certas pitadas do Hardcore.

 

A quarta faixa “The Perpetual Lie”, já tem essa levada mais Heavy Metal, em todo o seu contexto lírico, claro não deixando sua vertente Thrash Metal de lado, em certas passagens (posso destacar como umas das faixas bem interessante dentro do “pacote”, se não for a melhor, mas claro, vou deixar a escolha de vocês). A próxima faixa, fica a cargo de “Dead Paradise”. Que paulada! A composição é mais puxada para o Crossover.

 

E, para fecharmos a audição de “Macabre Sentence”, temos um instrumental muito energético. Falo da faixa “Impios”, muito bem trampada em seu andamento lírico. Solos e riffs se destacam entre o trabalho da bateria e baixo, que se sobressaem novamente.

 

Sem dúvida nenhuma, o Ep “Macabre Sentence” é um belo registro para a discografia da banda Suffocation Of Soul, pois o mesmo deixa você com o gostinho de quero mais, tendo o mesmo potencial de ser um disco completo.

 

Tracklist:

1. Crimes Behind The Influence

2. Lifeinvader

3. We Live In Pandemonium

4. The Perpetual Lie

5. Dead Paradise

6. Impios

 

Suffocation Of Soul, é formado por:

André Costa - vocal/ baixo

Mauricio Sousa - guitarra

Tarcísio Correia - guitarra

Márlon Pacheco - bateria

 

"Lifeinvader" - Suffocation of Soul:

Acompanhe o Suffocation Of Soul, em:

www.suffocationofsoul.blogspot.com.br

https://www.facebook.com/SuffocationOfSoul/

https://www.youtube.com/channel/UCvy-cD0u7YYNZPKd7flVtiA

 

Contato: suffocation_of_soul@yahoo.com.br

 

Assessoria de imprensa:

Sangue Frio Produções

http://www.sanguefrioproducoes.com/

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Entrevistas Recentes

November 10, 2018

Please reload

Resenhas Recentes
Please reload