• Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Google+ Icon
  • Grey YouTube Icon

          Site criado por Ygor Nogueira, da Noguer Art Design, para Metal No Papel. 2017 Todos os direitos reservados.

Metal no Papel é um novo projeto desenvolvido recentemente com o único intuito de propagar o Metal e suas vertentes sem degradação e, sim, de alguma forma trazer o devido apoio às bandas brasileiras, contemplando as notícias e informações pertinentes ao público devido.

 
Seus colaboradores e idealizadores estão sempre presentes, na ativa, para proporcionar aos leitores, bandas e também àqueles que, mesmo em meio as adversidades, trilham um caminho árduo em produções de eventos, enriquecendo nossa cultura, para que o METAL não perca sua essência.

 

Bem vindos ao Metal no Papel!

HELL BOUND: Show em Brasília no Headbangers Attack Festival

May 4, 2019

By Wargods Press

Formada atualmente por Emannuel Thorsen (vocal), Fabrício “Fabricera” Rocha (guitarra), Guilherme Peixoto (baixo) e Leo Castro (bateria), a banda candanga HELL BOUND de Heavy/Speed Metal divulga sua participação na 17º edição do Headbangers Attack Festival, que será realizado neste sábado, 04/05, no Círculo Operário do Cruzeiro Velho, em Brasília/DF. O HELL BOUND dividirá o palco com as bandas Mutilator, Estado Revoltoso, Macakongs 2099, Males Fecundos, Sons of Rage e Bombardeio a partir das 17h, com ingressos custando R$ 30,00, com direito a CDs de bandas brasileiras para os 100 primeiros pagantes, além de sorteio de camisetas e CDs.

 

Mais informações sobre o evento:

https://www.facebook.com/events/401252634001501/

 

O HELL BOUND tem como influencias bandas clássicas como Judas Priest, Exciter, Accept, Grave Digger, Running Wild, Mercyful Fate, Metal Church e Manowar, e com o lançamento do álbum autointitulado, tem recebido resenhas positivas da imprensa nacional e internacional, ganhando espaço também em programas de rádio internacionais. As influências acima acabam criando uma sonoridade forte e em resenha na página House of Bootleg, o redator Gabriel Arruda comenta: “A vasta influencia é facilmente assimilada a grandes nomes da época, mas o quarteto campeia um ego inato nas suas composições enfezadas de peso. E sendo um disco de estreia, onde há a tradicional prova de fogo, eles conseguiram esse feito com total segurança.”. Na resenha, algumas faixas se destacam: “Outro destaque especial fica pra “Beyond the Gates of Hell”, que chama atenção pelas melodias introspectivas, cadencia dos riffs e a voz do Emannuel lembrando a de Zak Stevens (Savatage, Circle II Circle, Trans-Siberian Orchestra), não deixando de lados os riffs absurdos e os solos bem construídos de “Rain of Fire” e “Black Storm”.”.

 

Ouça o álbum no Spotify:

https://spoti.fi/2Rn2eYP

 

Contatos:

Facebook: www.facebook.com/hellboundheavymetal

Instagram: www.instagram.com/hellboundmetal

Assessoria de Imprensa: www.wargodspress.com.br

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Entrevistas Recentes

November 10, 2018

Please reload

Resenhas Recentes
Please reload