• Grey Facebook Icon
  • Grey Instagram Icon
  • Grey Twitter Icon
  • Grey Google+ Icon
  • Grey YouTube Icon

          Site criado por Ygor Nogueira, da Noguer Art Design, para Metal No Papel. 2017 Todos os direitos reservados.

Metal no Papel é um novo projeto desenvolvido recentemente com o único intuito de propagar o Metal e suas vertentes sem degradação e, sim, de alguma forma trazer o devido apoio às bandas brasileiras, contemplando as notícias e informações pertinentes ao público devido.

 
Seus colaboradores e idealizadores estão sempre presentes, na ativa, para proporcionar aos leitores, bandas e também àqueles que, mesmo em meio as adversidades, trilham um caminho árduo em produções de eventos, enriquecendo nossa cultura, para que o METAL não perca sua essência.

 

Bem vindos ao Metal no Papel!

ELETROACORDES LANÇA SEU TERCEIRO EP "SONO TÃO PROFUNDO"

December 9, 2019

By Eletroacordes

A atmosfera e sonoridade da Eletroacordes modificaram com o lançamento do terceiro EP "Sono Tão Profundo" , que inclui cinco faixas inéditas moldadas ao som psicodélico, talvez melancólico, porém, sem abandonar a essência de seu rock autoral. O trabalho, produzido ao longo de 1 ano, com direção executiva da Casa Sonora, estabelece mais um novo ciclo da banda, agora em formato de quarteto. Trilhas incidentais, instrumentos como banjo e órgãos, e até um violino, são utilizados nos arranjos das canções. O lançamento do EP está agendado para o dia 6 de fevereiro, às 21h  através de transmissão por streaming, em "Live" captada no Stúdio Brother's. Ouça em https://soundcloud.com/eletroacordes/sets/sono-tao-profundo

 

A obra foi produzida tanto para as plataformas digitais como em mídia física para CD player. A expectativa em concluir o trabalho se concretizou, mesmo diante da troca de integrantes e em meio a produção. Mas atendeu o que se esperava da autenticidade da banda, formada por Rodrigo Vizzotto (voz, violão, guitarra, banjo e teclados), Luis Tissot (guitarra), Marcelo Bacci (baixo) e Mateus Melo (bateria).

A canção "Sono Tão Profundo", densa e em uma ambientação psicodélica – e que leva o nome do EP – forçou a modificação do título anterior de última hora em razão da repercussão nos shows da Eletros e da classificação da composição no 14º Festival de Música de Porto Alegre, que ficou entre as 44 escolhidas dentre 350 artistas/bandas inscritas. Já "Aquele Beijo", uma balada 'rocker", com solos floydianos, ganhou na internet o clipe de 5'10'' .

O EP também leva emprestado a composição de Nataniel Piva, intitulada "Violino Amarelo", com artifícios sonoros e que revela não só pela audição, mas o 'vislumbramento figurativo" de uma narrativa poética como em uma história contada. Já  a canção "O Que me Resta!?!" marca pela letra e reflexão a partir do refrão "...O que me resta é viver este momento/O que te apressa é correr atrás do tempo!", com uso de harmônicas e banjo. Por fim, a música "Não Acreditei" é um desfecho mais agitado provocado por loopings sonoros e base que remete aos antigos trabalhos com a veia rock dos EP's anteriores.

 

O conceito gráfico das artes e identidade visual do EP também obedecem a um critério estético de jogo de riscos e luzes em registros fotográficos, tanto na capa, quanto na estampa do CD, além de captação de frame em 360º, com o trabalho dos fotógrafos e vídeomakers Luciano Lobelcho, João Pedro Vizzotto Cirne Lima e Lucas Noronha. Na capa, a extração de imagem em uma simples foto ao entardecer sob efeitos de notas musicais em um rua de Londres, sem efeitos de programas de edição.

A produção executiva ficou por conta de Wagner Rodrigues (Casa Sonora) e Rodrigo Vizzotto, com participações especiais de Leo Jost (backing Vocal), Lisiane Dias Reisdörfer (violino incidental).

 

O EP está disponível nas plataformas Deezer, Spotfye mais 10 plataformas desde 06 de dezembro.

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Entrevistas Recentes

November 10, 2018

Please reload

Resenhas Recentes
Please reload