top of page
  • Foto do escritorMatheus Morbus

Uma Noite Memorável no Hangar 110: Hurricanes e Electric Mob Transportam São Paulo aos Anos 70 com Energia Contemporânea




Na noite de sexta-feira, 18 de maio de 2024, São Paulo viveu um verdadeiro retorno às raízes do rock no Hangar 110. Este icônico espaço de shows recebeu os paulistanos para uma jornada musical que mescla o clássico e o contemporâneo, com performances inesquecíveis das bandas Hurricanes e Electric Mob, ambas oriundas do sul do Brasil.

 

O evento começou com a banda Hurricanes, fundada em 2016 em Santa Maria (RS) por Leo Mayer (guitarra) e Rodrigo Cezimbra (vocal). Em 2018, a dupla se mudou para São Paulo e completou a formação com Guilherme Moraes (bateria) e Henrique Cezarino (baixo). Vestindo calças boca de sino e botas, remetendo ao visual setentista, os Hurricanes trouxeram de volta o espírito do rock e blues daquela década. A banda subiu ao palco enquanto uma pequena fila de fãs se formava do lado de fora, muitos carregando mantimentos e doações para as vítimas das enchentes no Rio Grande do Sul.

 

A apresentação começou com o poderoso riff de "Through the Lights", imediatamente cativando o público. A sequência com "The Bird 's Gone" reforçou a vibração eletrizante dos anos 70, enquanto o público ainda se acomodava. Em seguida, a banda fez uma pausa para se apresentar e emendou com a balada "Waiting", destacando um ritmo mais suave, porém com uma linha de baixo impecável. A energia retornou com "Over The Moon" e "Come To The River", músicas que mostraram a competência da banda em mesclar rock com blues.

 

A atmosfera no Hangar 110 era de pura nostalgia e excitação. Os solos filtrantes de Leo Mayer, combinados com os gritos rasgados de Rodrigo Cezimbra, arrepiavam a plateia. Músicas como "Big Eyes" e "Weary Hearted Blues" fizeram o público atingir um estado de êxtase musical, seguido de uma sequência final eletrizante com "Penny in my Pocket", "Thunder in the Storm", "Flowers" e "Purple Clouds". A essa altura, a energia estava no auge e os fãs, conquistados.


Setlist dos Hurricanes:

 

1. Through the Lights

2. The Bird’s Gone

3. Waiting

4. Over The Moon

5. Come To The River

6. Big Eyes

7. Weary Hearted Blues

8. Penny in my Pocket

9. Thunder in the Storm

10. Flowers

11. Purple Clouds






Com a casa já preenchida por um público animado, incluindo personalidades como o crítico musical Regis Tadeu e Jean Patton, guitarrista do Project46, que curtiram cada momento, chegou a hora da atração principal. O palco estava pronto para receber o Electric Mob, uma banda que vem ganhando destaque no cenário do rock desde sua formação em 2015 em Curitiba (PR). Com Renan Zonta (vocal), Ben Hur Auwarter (guitarra), Yuri Elero (baixo) e André Leister (bateria), o Electric Mob mistura o hard rock dos anos 70 e 80 com uma energia moderna e explosiva.

 

Iniciando com "Will Shine" e seguindo com "It’s Gonna Hurt", a banda rapidamente envolveu a plateia, que cantava em coro. Renan Zonta, mesmo debilitado por uma dengue, entregou uma performance enérgica e cativante. A sequência continuou com "King’s Ale" e "Gypsy Touch", mantendo a vibração alta e constante. O baixo de Ramisses Mike em "Saddest Funk Ever" trouxe uma presença de palco notável, aumentando ainda mais a agitação do público.

 

A setlist do Electric Mob foi extensa e variada, abrangendo músicas de seus dois álbuns lançados pela Frontiers Music. Canções como "Black Tide", "Soul Stealer", "By the Name", "Higher Than Your Heels" e "Far Off" demonstraram a habilidade da banda em combinar tradição e modernidade. Cada música era recebida com entusiasmo pela plateia, que respondia com aplausos e gritos de aprovação.

 

Ao longo da apresentação, Renan Zonta e Ben Hur interagem frequentemente com o público, criando uma conexão genuína. A noite culminou com faixas como "Got me Runnin", "4 Letters", "Your Ghost", "Thy Kingdom Come", "Need to Rush", "Sun Is Falling", "Love Cage", "Upside Down" e "Devil you Know". No final, a banda ofereceu uma sessão de fotos com os fãs, fechando a noite de maneira memorável.

 

A performance das duas bandas no Hangar 110 foi uma celebração do rock em todas as suas formas. Para os presentes, foi uma experiência emocionante, onde o passado e o presente do rock se encontram de maneira magistral. Hurricanes e Electric Mob provaram que o espírito do rock está mais vivo do que nunca, deixando São Paulo ansiosa por mais noites como esta.


 

Setlist do Electric Mob:

 

1. Will Shine

2. It’s Gonna Hurt

3. King’s Ale

4. Gypsy Touch

5. Saddest Funk Ever

6. Black Tide

7. Soul Stealer

8. By the Name

9. Higher Than your Heels

10. Far Off

11. Got me Runnin

12. 4 Letters

13. Your Ghost

14. Thy Kingdom Come

15. Need to Rush

16. Sun Is Falling

17. Love Cage

18. Upside Down

19. Devil you Know




Comentarios


bottom of page