• Andre Santos

Torrencial - Nação Em Fogo ( 2017): álbum mergulhado no cãos


Formada em 2006, na cidade de Itapevi região metropolitana de São Paulo, a banda Torrencial lança seu primeiro projeto de estúdio, moldado no vigoroso Thrash Metal. O quarteto paulista apostou nesse ano de 2017, fazendo uma apresentação aos Metalheads seu novo álbum intitulado de “Nação Em Fogo”, que contou com a produção de ‘Rafael Augusto Lopes’ ao lado da própria banda, que juntos propôs um trabalho bem direcionado ao projeto, com um som direto e simples, sem firulas deixando o álbum simplesmente pesado e voltado à nossa língua pátria, trazendo consigo uma linguagem do nosso cotidiano caótico, pois esse tema está muito bem representado na arte desenvolvida na capa do petardo.

“Nação em Fogo”, por ser um álbum direto em seu aspecto, tráz dez faixas explosivas, carregadas de muita harmonia e de arranjos bem feitos, sendo perceptível essas melodias na abertura do álbum

A faixa “Ilusão”, abre com uma bela introdução de violão, cortesia de ‘Alexandre De Orio’ ex Claustrofobia, que surge em partes orquestrada por ‘Rafael Paiola’, o que enriquece muito o inicio do álbum. Em seguida abre espaço para a porradeira, não menos furiosa “Perdedora”, onde seus riffs estão muito bem trabalhados e com refrões pegajosos.

O terceiro “soco” nos tímpanos fica a cargo de 34 segundos de “Trinta Segundos”, uma composição bem expressiva esmerada no HardCore, podemos dizer assim!

“Evolução/Destruição e Ao Redor”, são as seguintes composições que caminham até então a bem elaborada canção que faz o titulo do álbum “Nação em Fogo”, pois a mesma deve ser destacada pela sua letra forte e bem expressiva, enquanto a “Busque e Confronte”, te prende atenção pelo trabalho dos vocais e de bancking vocals elaborado no mesmo, fora a ponta de ‘Alexandre De Orio’ desenvolvida nas execuções das cordas, como guitarra e violão, responsável pelos solos da composição.

“Suicídio”, é a próxima porrada do álbum, onde a mesma aborda em sua letra um tema bem atual, como o próprio título sugere e, é umas das mais bem elaboradas do petardo. E já fechando o álbum, somos ouvintes de “V.E.M.O” com uma levada mais moderna, destoando um pouco das demais canções, com solos bem sacados e melódicos chamando atenção pra si.

A banda paulista Torrencial se saiu muito bem com seu primeiro projeto, sem dúvidas, dando um belo de um passo a Cena Underground, que podemos classificar como um dos ótimos destaques de 2017. PARABÉNS à família Torrencial.

Tracklist:

1. Ilusão

2. Perdedora

3. Trinta Segundos

4. Evolução / Destruição

5. Ao Redor

6. Nação em Fogo

7. Guerras após Guerras

8. Busque e Confronte

9. Suicídio

10. V.E.M.O

Torrencial:

Luciano Pinguim - Vocal e guitarra

Carlos Ferreira - Guitarra

Max Oliveira - Baixo

Abner Oliveira - Bateria

Contatos:

Facebook

SoundCloud

Email

#AndréSantos #Bandas #Álbum #Torrencial #NaçãoemFogo #Resenhas #ResenhasdeDiscos

As opiniões expressas nesse site são de responsabilidade de seus autores e não expressam necessariamente a opinião de seus editores.

Site criado por JP Carvalho da JPGraphix, para Metal No Papel 2017 / 2020 - Todos os direitos reservados.

O site Metal no Papel tem sede à Rua Joaquim do Lago, 339 Casa - Balneário Mar Paulista, São Paulo, SP

CEP: 04463 - 080 - mnp.metalnopapel@gmail.com